Esta página já teve 114.921.149 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.752 acessos diários
home | entre em contato
 

Primeiros socorros/Emergência

Intoxicação por glifosato

02/06/2004

INFORMAÇÕES MÉDICAS DE URGÊNCIA NAS INTOXICAÇÕES POR PRODUTOS AGROTÓXICOS

GLIFOSATO

 

USOS

Herbicidas

VIAS DE ABSORÇÃO

Oral e dérmica

ASPECTOS TOXICOLÓGICOS

Irritante dérmico e ocular. Pode causar danos hepáticos e renais, quando ingerido em doses altas.

SINTOMAS E SINAIS CLÍNICOS

Dermatite de contato.

Síndrome tóxica apos ingestão de doses altas: epigastralgia, ulceração ou lesão de mucosa gástrica, hipertermia, anúria, oligúria, hipotensão, conjuntivite , edema orbital, choque cardiogênico, arritmias cardíacas, edema pulmonar não cardiogênico, pneumonite, necrose tubular aguda, elevação de enzimas hepáticas, leucócitos, acidose metabólica, hipercalemia.

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

Pesquisa do composto do material gástrico.

Enzimas hepáticas, função renal, eletrólitos, gasometria, urina I, raio x de tórax em pacientes sintomáticos.

TRATAMENTOS

Não é recomendado emese. O vômito pode ocorrer espontaneamente.

Oferecer líquidos para diluição. Carvão ativado e catártico.

Tratamento sintomático e de manutenção. Não administrar atropina (não é inseticida osrganofosforado).

www.e.gov.br

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos

Poítica de Privacidade