Esta página já teve 126.587.324 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 26.241 acessos diários
home | entre em contato
 

Dicas da Dra. Shirley

Dicas de como economizar água

15/11/2004

Fonte: Revista Água Online, em "A economia de água: garantia para a vida e o desenvolvimento - Capítulo VI"

Existe um conjunto de hábitos negativos relacionados com o desperdício da água, que sendo superados permitirão a economia da água em casa, no colégio, no campo, na indústria, etc. A forma de superar este problema se encontra na aquisição de bons hábitos no uso da água. Vejamos alguns detalhes simples que permitem economizar água de maneira significativa:

Com relação ao consumo pessoal e da casa:

Lavando as mãos, escovando os dentes e fazendo a barba. Não deixar correr inutilmente a água usando-a só quando seja necessária.

Uso do vaso sanitário. Dar a descarga somente quando for indispensável.

O banho e a lavagem do cabelo. Fechar a torneira quando estiver se ensaboando.

Limpeza dos utensílios da cozinha. Ensaboar tudo primeiro e logo enxaguar. Não deixar correr a água sem necessidade.

Lavagem da roupa. Usar a máquina de lavar com capacidade máxima de cada vez, o que economiza água e energia. Quando a roupa for lavada à mão, molhar, esfregar ligeiramente e logo enxaguar. Não deixar correr desnecessariamente a água.

Preparação de alimentos. Usar somente a água necessária. Não desperdiçar os molhos.

Limpeza da casa. Usar um balde de água para medir e controlar a quantidade de água para a lavagem do piso ou outros lugares. Não utilizar mangueiras porque se gasta a água desnecessariamente.

Rega do jardim. Buscar não usar água potável, mas reusar a água que se tenha usado para outros fins. É melhor regar ao entardecer e usar somente a água necessária, assim a terra absorverá a água e não haverá muita evaporação. Redesenhar os jardins com plantas que requeiram pouca água.

Lavagem de automóveis. Eliminar o costume de empregar mangueiras, preferindo usar um pano úmido e uma quantidade controlada de água em um balde. Estas medidas simples podem economizar muitos litros de água e também boa quantidade de dinheiro.

Os procedimentos nas atividades agrícolas:

Na América Latina há interessantes experiências na criação e funcionamento das Juntas de Usuários ou Comitês de Irrigantes. Estas organizações podem se converter em elementos fundamentais para pôr em marcha processos de distribuição equilibrada e de uso racional do recurso.

Para promover uso racional é necessário revisar os sistemas de irrigação, cuja ineficiência tem ocasionado grandes perdas. A aplicação de melhores técnicas de rega, a conservação da água, a execução de procedimentos de reflorestamento e outras medidas similares podem apoiar a diminuição do consumo e do desperdício, assim como estancar a deterioração das fontes de água.

Pela quantidade de água que se usa na agricultura, é claro que se constitui em um setor-chave ao qual devemos prestar uma atenção especial.

 

www.cprh.pe.gov.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos

Poítica de Privacidade