Esta página já teve 115.752.342 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica

Urina de cachorro no automóvel

18/01/2010
FIQUE DE OLHO NO XIXI DO SEU CACHORRO

Cachorros pequenos, grandes, peludos... Não importa o tamanho, é bem provável que ele vai fazer xixi na sua roda! Mas o que rodas de carro e cachorros têm em comum? A explicação é de que os cães são atraídos pelos cheiros que sentem nos pneus, que rodam por vários lugares. Aí, não tem jeito, um xixizinho aqui, outro ali. E essa freqüência pode acabar com qualquer tipo de roda. Pode ser de ferro, de alumínio, ela vai estragar por causa deste ácido que é a urina e causa a oxidação.Os mecânicos estão cheios de histórias clássicas. Como a da deterioração do bico e de onde vão os parafusos acabando prendê-los. O problema pode ser tão sério que na hora de desenroscar as porcas, não tenha jeito senão acabar arrebentando a roda para tirá-la do veículo.
Mas, xixi de cachorro também faz outros estragos. Pode causar manchas e descascar a roda. Os fabricantes dizem que o problema já foi pior. Hoje as rodas de aço e de liga leve passam por um tratamento para ficar mais resistentes. E não pára por aí, as partes baixas do carro, que ainda não podem passar por tratamentos químicos, como porcas e parafusos podem ficar presos com o xixi e se a roda raspar na sarjeta e perder um pouco do verniz, vai ficar mais sujeita à corrosão.

Para quem tem cachorro e não quer sofrer com um problema futuro nas rodas, a sugestão é que o dono pegue um detergente neutro, lave constantemente a roda. E como \"quem tem cão às vezes caça com gato\" o negócio é encontrar uma saída original. Uma fórmica instalada nos quatro pneus do carro justamente para proteção.

Fonte:

 

http://www.calabriaveiculos.com.br/dica/12

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos

Poítica de Privacidade