Antienvelhecimento/Longevidade - Comportamento Biomecânico e Biossintético de Fibroblastos Humanos Normais e da Pele em Envelhecimento
Esta página já teve 115.784.682 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.700 acessos diários
home | entre em contato
 

Antienvelhecimento/Longevidade

Comportamento Biomecânico e Biossintético de Fibroblastos Humanos Normais e da Pele em Envelhecimento

05/12/2004
 




As rugas são a expressão mais evidente do envelhecimento da pele e são manifestadas por numerosas alterações na organização e estrutura da derme. Em um artigo publicado recentemente na revista International Journal of Cosmetic Science, os autores estudaram e compararam os fibroblastos humanos para entender melhor se a modificação tecidual poderia estar ligada à alteração da função celular, capacidade contrátil e de síntese dos fibroblastos humanos da pele normal em envelhecimento e daqueles obtidos de biópsia da ruga da fronte.

 

A capacidade dos fibroblastos para aderir à rede de colágeno e para manter a estrutura tridimensional da derme foi estudada através de um modelo tridimensional de gel de colágeno. A atividade metabólica de ambos os tipos de células foi determinada imunoquimicamente pela quantificação da síntese de colágeno tipo I.

 

Os fiibroblastos humanos da região da ruga contraíram o gel de colágeno em menor proporção em relação aos fibroblastos humanos da pele normal em envelhecimento bem como sintetizaram menor quantidade de colágeno tipo I. Os resultados mostraram uma desaceleração da atividade metabólica dos fibroblastos em envelhecimento e  estes perderam a sua capacidade de aderir às fibras de colágeno, limitando portanto a possibilidade de organização do tecido dérmico.

 

De acordo com os autores, foi investigado o potencial de um ingrediente ativo para compensar e reduzir a atividade metabólica bem como  para restaurar a capacidade contrátil de fibroblastos da ruga. Este efeito foi comparado com uma molécula de referência, a vitamina C.

Comparison of the biomechanical and biosynthetic behavior of normal human fibroblasts and fibroblasts from a forehead wrinkle - International Journal of Cosmetic Science - 2004; 26(5): 267

Comparison of the biomechanical and biosynthetic behavior of normal human fibroblasts and fibroblasts from a forehead wrinkle
M. Jouandeaud*, C. Viennet+, S. Bordes*, B. Closs* and P. Humbert+

Wrinkles are the most obvious expression of skin aging and are manifested by numerous changes in the organization and structure of the dermis. To better understand if this tissue modification could be linked to a modification of cell function, contractile and synthesis capacities of normal aged human fibroblasts and those obtained from a biopsy of a forehead wrinkle were studied and compared. The capacity of fibroblasts to adhere to the collagen network and to maintain a three-dimensional structure of the dermis was studied using a three-dimensional model of a collagen gel. The metabolic activity of both cell types was determined immunochemically by quantifying collagen I synthesis. Human fibroblasts from the wrinkle contracted the collagen gel less than normal aged human fibroblasts and synthesized less collagen I. The results show that the metabolic activity of aging fibroblasts decelerates and that aging fibroblasts lose their capacity to adhere to collagen fibers, thus limiting the possibility of organizing dermal tissue.

The potential of an active ingredient to compensate for the reduction of metabolic activity and to restore the contractile capacity of fibroblasts from the wrinkle was investigated. This effect was compared with a reference molecule, vitamin C.


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~