biologia molecular - Autofagia celular pode prevenir doenças
Esta página já teve 114.656.761 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.775 acessos diários
home | entre em contato
 

biologia molecular

Autofagia celular pode prevenir doenças

09/01/2005
Autofagia celular 06 de Janeiro

Novo tipo de morte programada ajudaria a manter as células em funcionamento, numa espécie de faxina bioquímica

A autofagia celular, na qual as células reciclam suas próprias organelas e proteínas, pode ser a chave para o desenvolvimento de novos tratamentos contra o câncer, as doenças degenerativas e infecções.

Esse mecanismo interno, exercido principalmente em situações de fome e de enfermidade, é considerado o segundo tipo de morte celular programada (PCD). A apoptose, primeira forma de morte celular programada identificada, passa a ser chamada de PCD Tipo I.

Na autofagia (PCD Tipo II), as células se assemelham a pequenas cápsulas com dupla membrana. Essas vesículas circundam e mastigam partes dos componentes físicos celulares. Vesículas autofágicas têm sido vistas em células sob morte celular programada, mas não está claro ainda se elas estão tentando proteger a célula da apoptose ou apressar sua morte.

Esse processo foi identificado em diferentes espécies, entre elas a levedura, o fungo usado como fermento do pão. Segundo pesquisadores da Universidade de Michigan, que tiveram suas pesquisas publicadas na capa da revista Science do dia 5 de novembro, ainda há muito estudo a ser feito para que a autofagia possa ser entendida como algo bom ou ruim. As pesquisas caminham em ambos os sentidos.

"A autofagia é apenas um jeito de se livrar das partes danificadas da célula sem jogar tudo fora. Nas células nervosas, por exemplo, poderia haver uma autofagia para corrigir problemas sem destruir a célula", diz o biólogo Daniel Klionsky.

Altos níveis de vesículas autofágicas também têm sido notados em algumas formas de doenças degenerativas musculares e nervosas, como Huntington, Parkinson, Alzheimer e ALS (doença de Lou Gehrig). Mas não está claro por que as vesículas estão se acumulando. Elas podem estar sendo formadas porque não estão sendo usadas, ou pode ser que as células estejam produzindo mais vesículas.

Atualmente, os pesquisadores são capazes de identificar genes autofágicos em humanos e em outros organismos, incluindo ratos.

Os cientistas que pesquisam o câncer têm tentado ligar a apoptose à autofagia de células cancerígenas.  A autofagia provavelmente pode promover ou prevenir câncer. Ela atua como supressora de tumores quando limita o tamanho da célula e remove os componentes danificados que poderiam gerar radicais livres ou criar mutações. Mas a autofagia pode também proteger as células cancerígenas contra alguns  tratamentos e poderia fazer as células viverem mais ao reciclar suas organelas dentro do tumor.

Scientific American


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos