alergia - História de Doença Atópica nos Pais: Padrão da Doença e Risco de Atopia Pediátrica nos Descendentes
Esta página já teve 116.618.583 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.681 acessos diários
home | entre em contato
 

alergia

História de Doença Atópica nos Pais: Padrão da Doença e Risco de Atopia Pediátrica nos Descendentes

11/01/2005
 



 

A história dos pais é um importante fator de risco para a doença atópica. No entanto, a maioria dos estudos avalia apenas informações limitadas sobre a história familiar. Pelo fato da doença atópica poder apresentar padrões transitórios ou persistentes, pode ser útil avaliar informações sobre os padrões da doença na família. Esta abordagem tem sido aplicada em outras doenças, tais como câncer, para a diferenciação entre casos predominantemente herdados versus casos (esporádicos) causados pelo ambiente.

Em um artigo publicado recentemente na revista Journal of Allergy and Clinical Immunology, os autores realizaram um estudo de Coorte de crianças acompanhadas desde o nascimento até   a idade de seis a sete anos, no qual examinou-se a associação entre o início da doença atópica nos pais (ou seja, infância e idade adulta), a duração (isto é, doença persistente) e o risco de doença atópica pediátrica. Hipotetizou-se que diferentes padrões de doença familiar poderia ser importante para o risco pediátrico da doença. Dados de 476 famílias do  Childhood Allergy Study em Detroit, Michigan, foram analisados através de regressão logística. Examinou-se a associação entre os padrões da doença nos pais e o início da doença na infância.

A história paterna da doença, particularmente história de asma, esteve mais fortemente associada aos prognósticos pediátricos do que a história materna. O nível da asma nos pais, se  apenas na infância, apenas na idade adulta ou persistente, esteve associado à asma na infância. A asma paterna apenas na infância  e persistente conferiu maior risco de atopia nas crianças em estudo, enquanto que o mesmo não ocorreu com a presença da doença paterna apenas na vida adulta. Houve também uma significante associação entre alergia persistente no pai e atopia nas crianças em estudo.

Os autores concluíram que os dados do estudo confirmam a hipótese de que há padrões complexos de herança para alergia e asma. Portanto, uma história familiar detalhada de atopia, incluindo a infância e a vida adulta, é essencial para identificar e classificar o risco e fenótipos da doença.

 Parental history of atopic disease: Disease pattern and risk of pediatric atopy in offspring - Journal of Allergy and Clinical Immunology – 2004; 114(5):1046

Asthma Diagnosis and Treatment
Parental history of atopic disease: Disease pattern and risk of pediatric atopy in offspring

Sharon Hensley Alford, MPH a * [MEDLINE LOOKUP]
Edward Zoratti, MD a [MEDLINE LOOKUP]
Edward L. Peterson, PhD a [MEDLINE LOOKUP]
Mary Maliarik, PhD a [MEDLINE LOOKUP]
Dennis R. Ownby, MD b [MEDLINE LOOKUP]
Christine Cole Johnson, PhD a [MEDLINE LOOKUP]
Previous article in Issue
Next article in Issue
• View full-text version
• View print version (PDF)
Drug links from Mosby's DrugConsult
Genetic information from OMIM
• Citation of this Article
   • View on PubMed
   • Download in citation manager format
   • Download in Medlars format
Related articles in PubMed

   Abstract  TOP 

Background Family history is an important risk factor for atopic disease. However, most studies assess only limited information on family history. Because atopic disease can exhibit transient or persistent patterns, it may be useful to assess information on patterns of disease within families. This approach has been applied in other diseases, such as cancer, to discriminate between predominately inherited versus environmentally caused (sporadic) cases.

Objective In a cohort of children who were followed from birth until age 6 to 7 years, we examined the relationship between parental onset (ie, childhood and adulthood) and duration of atopic disease (ie, persistent disease) and the risk of pediatric atopic disease. Our hypothesis was that different parental disease patterns would be important to pediatric risk of disease.

Methods Data from 476 families in the ongoing Childhood Allergy Study in Detroit, Mich, were analyzed by using logistic regression. We examined the association between parental patterns of disease and disease onset in their children.

Results Father's disease history, particularly asthma history, was more strongly related to pediatric outcomes than mother's history. Asthma status in the fathers, whether it was childhood-only, adulthood-only, or persistent, was associated with current asthma in the children. Childhood-only and persistent asthma in fathers conferred a higher risk of atopy in the study children, whereas adulthood-only disease did not. There was also a significant relationship between persistent allergy in the father and atopy in the study children.

Conclusion Our data support the hypothesis that there are complex inheritance patterns for allergy and asthma. Therefore, a detailed family history of atopy, including childhood and adulthood experiences, is critical to identifying and classifying risk and disease phenotypes.



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos