Medicina Esportiva/Atividade Física - Lesões em esporte
Esta página já teve 116.461.590 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.689 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

Lesões em esporte

26/03/2005
Problemas comuns

 

Ao praticar esportes, tenha cuidado para evitar lesões.

Prevenção

O bom senso pode prevenir muitas das possíveis lesões durante a prática de esportes. Listamos abaixo algumas lesões típicas e suas respectivas medidas preventivas: lesões nos joelhos Os joelhos são muito suscetíveis a lesões.

  • Evite travar o joelho
  • Não dobre os joelhos mais do que 90º ao agachar-se ou fazer meia flexão com eles
  • Evite torcer os joelhos, mantendo os pés o mais plano possível (durante alongamentos, ao esticar-se)
  • Se possível, exercite-se sobre superfícies macias
  • Use calçados apropriados, com solas macias e flexíveis
  • Após pular, volte ao chão com os joelhos flexionados.

Dores musculares

A dor muscular é um sintoma de excesso de duração ou de intensidade do exercício praticado.

  • Faça aquecimento, como exemplo, exercícios de alongamento, antes de qualquer atividade física, independente do tipo e intensidade do exercício a ser praticado
  • Não exagere. O ditado "sem sofrimento, sem ganho" não é verdadeiro.
  • Após exercícios vigorosos, faça um período de relaxamento. Diminua a velocidade e intensidade do exercício por 5 minutos. Por exemplo, após uma corrida, caminhe por 5 minutos.

Bolhas

As bolhas ocorrem por uso de sapatos ou meias apertados ou inadequados.

  • Use sapatos e meias que lhe sirvam bem. Os sapatos, já calçados, devem permitira que você movimente os dedos, estando em pé ou sentado. As costuras internas dos sapatos não devem friccionar ou raspar no pés.
  • Se necessário use protetores adesivos.

"Dor do lado"

Dor do lado é o nome dado à dor em pontada, sentida abaixo das costelas, geralmente à esquerda, durante a realização de exercícios. Para preveni-la:

  • Não beba líquidos e não coma nas 2 horas que antecedem a atividade física.
  • Respire corretamente, elevando os músculos abdominais na inspiração
  • Não continue se exercitando ao sentir a dor. Pare a atividade e caminhe devagar.

Dor na parte da frente da perna

Pode ocorrer uma dor leve a moderada intensidade na parte da frente da perna (região do osso chamado tíbia). Para preveni-la:

  • Fortaleça os músculos da região
  • Mantenha a barriga da perna bem alongada
  • Não corra sempre na mesma direção quando em pistas cobertas em local fechado ou em vias movimentadas

Dor no tendão de Aquiles

A dor no tendão de Aquiles é causada por estiramento, inflamação ou ruptura do tendão que conecta os músculos da barriga da perna com a parte posterior do calcanhar.

  • Faça aquecimento com exercícios de alongamento antes de praticar qualquer atividade esportiva. Alongue ao máximo a região do tendão de Aquiles e mantenha-se nesta posição por um período prolongado. Não alongue o tendão de Aquiles com movimentos curtos e repetidos (de vai-e-volta)
  • Use calçados adequados, que absorvam impactos e proporcionem estabilidade
  • Evite usar tênis para corrida com solado muito alto
  • Evite correr em superfícies muito duras como asfalto e concreto
  • Corra em superfícies planas em vez de íngremes. Correr em superfícies íngremes sobrecarrega o tendão de Aquiles.

Lesões esportivas graves

As lesões graves são menos comuns, mas podem ocorrer, principalmente em esportes de contato como futebol e outros. Incluem:

  • Fraturas
  • Deslocamento das articulações
  • Distensões e estiramentos
  • Trauma craniano ou ferimentos na cabeça
  • Lesões no pescoço ou espinha
  • Traumas abdominais, como lesões no baço ou no fígado

    Adote algumas medidas para evitar lesões graves durante a prática esportiva:

  • Use os equipamentos de proteção e vestimentas indicadas para cada esporte, como capacete, joelheiras e protetor de ombros, pulsos, tornozelos e boca.
  • Treine o esporte para aprender a se defender e evitar traumas leves. Atletas de fim de semana são mais propensos a traumas graves
  • Siga as regras do esporte.

Perguntas a fazer

    Algum dos sinais abaixo está presente?

    - Ponta do osso visível ou a região machucada emite som áspero, com crepitação
    - A região lesada parece estar torta ou disforme
    - Perda da sensibilidade na área machucada
    - A pessoa não consegue colocar peso sobre a região lesada
    - Dor intensa ou dificuldade de movimentar o calcanhar
    - A pele em volta está azulada e/ou está fria e dormente
    - A dor é intensa ou o inchaço e/ou dor estão piorando
    - Dor ao pressionar ao longo do osso

    seta_sim.gif (1030 bytes) img_socorro.gif (1741 bytes)

    seta_nao.gif (1054 bytes)

    img_autocuidado.gif (1688 bytes)

Dicas de autocuidado

  • Pare o que está fazendo e adote a técnica RGCE: repouso, gelo, compressão e elevação do membro afetado. Adote essas medidas ao primeiro sinal de dor ou desconforto importante.
  • Tome um medicamento para diminuir a dor e inflamação (veja "Analgésicos" em Farmácia em Casa).
LINCX


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~