Tabagismo/Fumo/Cigarro - Tabagismo passivo
Esta página já teve 114.458.139 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.801 acessos diários
home | entre em contato
 

Tabagismo/Fumo/Cigarro

Tabagismo passivo

15/05/2005


   

Saiba mais sobre o tabagismo passivo conferindo as respostas para as perguntas mais freqüentes: O que é?

A inalação da fumaça de derivados do tabaco por indivíduos não-fumantes, que convivem com fumantes em ambientes fechados. Quais substâncias tóxicas são inaladas em ambientes poluídos pela fumaça do tabaco? Mais de 400 substâncias que não podem ser filtradas. As que saem da ponta acesa do cigarro apresentem níveis três vezes maiores de nicotina e monóxido de carbono e até 50 vezes maiores de substâncias cancerígenas, das que entram pela boca do fumante.

Como o tabagismo passivo afeta à saúde?

Os não-fumantes que se expõem à poluição tabagística ambiental tem um risco 30% maior de desenvolver câncer de pulmão e 24% maior de sofrerem infarto do miocárdio do que os não-fumantes, que não se expõem.

E nas mulheres, qual o efeito?

As mulheres que se expõem durante a gestação reduzem o crescimento fetal, deslocamento de placenta e hemorragias antes do parto. Segundo a OMS a exposição de recém-nascidos à fumaça do tabaco aumenta em até cinco vezes o risco da Síndrome de Morte Infantil.

Quais os riscos para as crianças que convivem com fumantes em ambientes fechados?

Maior incidência de pneumonia, bronquite, exacerbação de asma e infecções do ouvido médio.

Ventilar os ambientes pode eliminar a poluição tabagística ambiental?

Não, porque não elimina os componentes tóxicos, por isso os fumódromos somente podem ajudar a proteger a saúde dos não fumantes quando são completamente isolados e têm sistema de ventilação também separado, não permitindo que o ar poluído circule pelo prédio.

Fonte: ABN - Notícias


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos