Minerais - Pesquisadores constatam fluorose com uso em excesso de flúor
Esta página já teve 114.969.559 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.744 acessos diários
home | entre em contato
 

Minerais

Pesquisadores constatam fluorose com uso em excesso de flúor

22/05/2005

O flúor é utilizado na prevenção e no controle das cáries dentárias. No entanto, se ingerido cronicamente e em doses excessivas, durante o período de formação dos dentes, o halogênio pode levar ao aparecimento de uma anomalia de desenvolvimento que afeta a estética do esmalte dos dentes sob a forma de manchas conhecidas como fluorose dentária. É o que ocorre no município de Santa Tereza, no Rio Grande do Sul, como mostram Ramona Toassi, da Universidade do Planalto Catarinense, e Claídes Abegg, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em um estudo realizado com 259 escolares do município, com idade entre quatro e 18 anos.

De acordo com artigo publicado na edição de março/abril de 2005 dos Cadernos de Saúde Pública, os dados foram coletados por meio de um questionário estruturado e de um exame clínico, e foram considerados considerados com fluorose os escolares que apresentaram pelo menos o grau ``2`` (muito leve).

Os pesquisadores constataram que a prevalência de fluorose encontrada foi de 63,7%, predominando o grau muito leve em 43,6% dos alunos. No entanto, considerando apenas os graus de fluorose que determinam comprometimento estético (leve, moderado e severo), o percentual de escolares afetados foi de 20,1%, considerado alto.

Ramona e Claídes verificaram também que todos os escolares relataram escovar seus dentes com dentifrício e escova e que 44,4% faziam bochecho com flúor pelo menos uma vez por semana. Segundo eles, a alta prevalência encontrada pode ser atribuída ao efeito combinado de produtos dentários e fluoretos em águas de abastecimento: “a freqüência de escovação dentária, os bochechos fluoretados, que aconteciam ou já haviam acontecido em mais da metade dos escolares, e a utilização do flúor gel, podem ter causado uma exposição excessiva a formas tópicas de utilização do flúor, uma vez que eles estavam associados com a presença da fluorose”.

Dessa forma, Ramona e Claídes alertam para a necessidade de controle da aplicação de flúor no sistema de abastecimento. “Ainda que o flúor na água de abastecimento público seja considerado uma medida necessária para o controle de cárie dentária, os achados no presente estudo corroboram os relatos da literatura de que a difusão maciça do uso do flúor, nas diversas formas de utilização, tem contribuído para o aumento da prevalência de fluorose”, afirmam no artigo.

Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos