Medicina Esportiva/Atividade Física - Chi Kung
Esta página já teve 115.073.908 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.735 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

Chi Kung

23/05/2005
Chi Kung: bem-estar garantido


Cuide do bem-estar físico e mental com a prática do Chi Kung (Chi – energia; Kung – cultivar). Um sistema de treinamento que consiste na execução de movimentos, posturas, respiração e meditação, com base na filosofia e medicina chinesa, responsável por trabalhar e restabelecer o equilíbrio de toda a energia que circula pelo corpo.

De acordo com Henrique Cirilo, presidente do Instituto Brasileiro de Chi Kung e Terapias Afins (IBRACHI) e professor de Educação Física com especialização em Acupuntura, as principais características do Chi Kung são os exercícios específicos. “Existem, aproximadamente, seis mil técnicas reconhecidas pelo governo chinês. Algumas com movimentos utilizados para o desenvolvimento espiritual (religioso), outras para o marcial (lutas) e ou para o terapêutico (tratamentos).”

Uma das maiores atuações do Chi Kung é na melhora da qualidade de vida. Prova disso é que a maioria das empresas asiáticas, e algumas da Europa e Estados Unidos, tem utilizado a técnica para diminuir o estresse e a ansiedade dos colaboradores.

A terapeuta corporal, Carol Candi, revela que o Chi Kung também pode atuar no sistema endócrino, auxiliando no processo de emagrecimento. “Existem exercícios que têm como objetivo melhorar a eliminação de líquidos e estimular o funcionamento do intestino. Além disso, é importante lembrar que o Chi Kung também diminui a ansiedade e tranqüiliza a mente, o que é muito importante para quem realiza um tratamento para emagrecer”, explica Henrique Cirilo.

Sinta-se bem com o Chi Kung


Com a ajuda do Chi Kung, você desenvolve uma consciência corporal maior, que o auxiliará a perceber onde e quando está contraindo o corpo desnecessariamente. A contração faz com que o sangue não circule adequadamente. Na concepção da medicina tradicional chinesa, o sangue é a parte material da energia. Portanto, quando temos a consciência da contração muscular desnecessária podemos evitá-la, fazendo com que o sangue circule normalmente e com isso, todo o corpo seja nutrido pelo chi.

Embora o Chi Kung possua movimentos suaves, todos eles promovem o alongamento, fortalecimento e relaxamento da musculatura. Sem contar que a prática regular da técnica tem o poder de melhorar a concentração. Com a respiração tranqüila, as pessoas observam melhor o próprio corpo.

Como há diversas técnicas, uma sessão de Chi Kung pode variar entre 30 minutos e duas horas. Durante esse período, utilize roupas confortáveis para não atrapalhar os movimentos. A técnica aumenta a saúde, garante muitos anos de vida e é excelente para os idosos, pois desbloqueia as articulações, e para esportistas, já que aumenta o nível energético.

É uma arte que harmoniza o corpo, mente, espírito e a circulação do chi. Os movimentos são fáceis e para praticá-los você não precisa ter um bom condicionamento físico.

Princípios básicos do Chi Kung

  • Movimentos para fazer circular a energia;
  • Respiração para aumentar a captação da energia;
  • Meditação para o desenvolvimento da consciência energética;
  • Tranqüilidade para a mente e aumento da concentração;
  • Posturas para integrar o corpo com as energias cósmicas e da natureza.
O Chi Kung pode ser utilizado para tratar:

  • Asma;
  • Rinite;
  • Insônia;
  • Resfriados;
  • Reumatismo;
  • Nervosismo;
  • Ansiedade;
  • Estresse.



Especialistas consultados

  • Henrique Cirilo – www.ibrachi.com.br – Tel.: (11) 3021-7727
  • Carol Candi – carol@hydra.com.br

  • Xenicare


    IMPORTANTE

    •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
    • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
    Publicado por: Dra. Shirley de Campos
    versão para impressão

    Desenvolvido por: Idelco Ltda.
    © Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos