Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação - O que são as Câimbras?
Esta página já teve 115.932.312 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.695 acessos diários
home | entre em contato
 

Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação

O que são as Câimbras?

01/10/2005



Câimbras são caracterizadas por contrações musculares involuntárias, acompanhadas de fortes dores. Ocorrem principalmente nos braços e pernas. As mais freqüentes são as câimbras nas panturrilhas (batatas das pernas). As causas mais comuns são a perda de água e sal no organismo através de suor excessivo, conhecido como câimbras de calor. Diminuição de cálcio no sangue determinada por diversas doenças, entre as quais, distúrbios das glândulas supra-renais, fadiga muscular, posições incômodas de pernas e braços e varizes nas pernas. Se a câimbra aparece esporadicamente durante exercícios muito intensos, provavelmente trata-se da chamada "câimbra do esportista", que pode ser causada por excesso de ácido láctico ou fadiga aguda das fibras musculares. Mas as câimbras muito freqüentes merecem uma cuidadosa investigação médica. Elas podem ser de origem vascular (por uma isquemia local), neuromuscular (por uma miopatia alcoólica) ou de origem metabólica (intoxicação por cafeína, hipoglicemias, intoxicação por colchicina, etc.). O que fazer: 1. Tome um copo de água com sal se o caso for de câimbra de calor e se não tiver problemas de pressão alta. 2. Para câimbras na barriga da perna, apóie o pé no chão e ande apoiando o peso do corpo nos calcanhares. 3. Para câimbras no dedão do pé e no polegar, peça para que alguém dobre o dedo no sentido contrário. 4. No caso de câimbra no braço, peça para alguém que dobre o antebraço até formar um ângulo reto com o braço. 5. Para câimbras no abdômen, flexione as pernas. 6.Procure fazer alongamentos 7. Procure alimentar-se com muitas frutas e legumes que contêm minerais. 


Intolerância ao Leite

A intolerância ao leite, cujas conseqüências podem variar de simples mal-estar até o impedimento das atividades normais do indivíduo, é provocada pela deficiência de lactase no adulto, uma condição determinada geneticamente e de prevalência significativa no Brasil. Segundo as estimativas levantadas, a deficiência de lactase ocorreria em 58 milhões de brasileiros adultos (maiores de 15 anos). Em decorrência disso, 37 milhões de pessoas apresentariam intolerância ao leite e estariam sujeitos a sintomas desagradáveis ao tomarem um simples copo de leite. Em conseqüência da falta da enzima lactase, essas pessoas perdem a capacidade de digerir e absorver o açúcar do leite (lactose), podendo apresentar sintomas digestivos de gravidade variável após a ingestão do leite. Como alternativa, substitua o leite integral por leite com baixo teor de lactose, em que o açúcar tenha sido previamente hidrolisado por lactase. Outra alternativa seria substituir o leite por queijo ou manteiga, que possuem pouca lactose (menos do que 0,2%) e apresentam o mesmo valor nutritivo em proteínas e gorduras, além do leite de soja que não possui tal problema.


Importância do cálcio

O cálcio é um elemento essencial nos organismos vivos. Nos animais, o cálcio é o elemento inorgânico mais abundante, e está localizado principalmente nos ossos e nos dentes sob a forma de fosfato de cálcio. Também o sangue é um reservatório importante do íon cálcio. De um modo geral, encontramos cálcio em todos os tecidos animais, com diversas funções como a de controlar a transmissão de impulsos nervosos, a ação muscular, a coagulação do sangue e a permeabilidade celular. A deficiência de cálcio pode provocar raquitismo, falhas no mecanismo de coagulação do sangue, distúrbios nervosos e contrações musculares convulsivas. A ingestão de vitamina D aumenta bastante a absorção do íon cálcio: daí o seu emprego no tratamento do raquitismo. Um excesso de cálcio também é prejudicial, pois pode provocar calcificações excessivas nos ossos ou nos rins (pedras nos rins).


Problema psicológico

Quando uma pessoa se sente estranha, incomodada com alguma situação, quando está passando por alguma dificuldade ou alguma situação traumática ou de estresse, quando sente que está se comportando de maneira diferente, isto pode dever-se a algum problema psicológico. No caso da depressão pode-se dizer que a pessoa sente uma tristeza muito grande, imensurável, que não passa, não tem vontade de fazer nada, deseja se isolar do mundo e das pessoas, tanto que às vezes pode até tentar o suicídio. Ás vezes, para se tratar é necessário tomar remédio antidepressivo (existem vários, que vai depender do tipo de depressão) e também de fazer terapia. Nesses casos, deve-se sempre procurar ajuda de um profissional médico ou psicólogo.



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~