Medicina Esportiva/Atividade Física - Preguiça faz mal à saúde
Esta página já teve 115.234.081 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.727 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

Preguiça faz mal à saúde

07/11/2005



Praticar atividades físicas não é apenas uma questão de vaidade ou prazer, mas também de saúde. Está provado que ser ativo reduz o risco de infarto, derrame cerebral e diabetes, além de fortalecer músculos e articulações. Para completar, o exercício físico aumenta a produção de serotonina e outras substâncias que influenciam no funcionamento do cérebro, proporcionando a sensação de bem-estar e fornecendo estímulo para enfrentar com mais disposição as atividades do dia-a-dia.
A atividade física não precisa ser intensa para promover a saúde. Cada indivíduo adulto deve fazer 30 minutos ou mais de exercícios, de intensidade moderada, na maioria ou, preferencialmente, em todos os dias da semana. Isso já é o suficiente para reduzir em até 40% a incidência de doenças crônicas.
Além de fazer exercícios, você pode tornar sua vida mais ativa simplesmente usando escadas em vez de elevadores, saltando um ponto antes do local onde pretende ir, estacionando o carro longe do local de trabalho, dando preferência a ir a pé quando o percurso for pequeno, levando o cachorro para passear etc. No início, pode parecer difícil, mas as recompensas aparecerão logo!


Luísa Ribeiro de Meirelles
Coordenadora da educação física e reabilitação cardíaca do Total Care AMIL e da UERJ, mestre em educação física pela UERJ e doutoranda em educação física pela UERJ.

www.amil.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
kill yourself rogue.