Tabagismo/Fumo/Cigarro - EUA já começam a proibir cigarro ao ar livre
Esta página já teve 114.074.372 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.850 acessos diários
home | entre em contato
 

Tabagismo/Fumo/Cigarro

EUA já começam a proibir cigarro ao ar livre

12/11/2005

 


A proibição do fumo começa a se estender aos espaços externos nos EUA, desafiando os direitos das pessoas que fumam nas calçadas e diante de prédios diversos. Na próxima terça-feira, 08/12, os eleitores estaduais de Washington vão votar a primeira proibição estadual do fumo ao ar livre numa área de 7,6 metros em volta de edifícios nos quais o fumo é proibido.

Isso significaria que fumar perto de escritórios, lojas, cinemas, teatros, restaurantes e prédios governamentais implicaria multa de US$ 100. O esforço para proibir o fumo ao ar livre começa após o sucesso amplo da proibição do cigarro em ambientes internos.

A Câmara Municipal de Chicago está analisando a possibilidade de proibir o cigarro em todos os locais públicos fechados. A medida já está em vigor em Nova York, Austin (Texas) e Columbus (Ohio). De acordo com Maggie Hopkins, da Fundação dos Direitos dos Não-Fumantes Americanos, as restrições ao fumo em espaços abertos vêm decolando nos últimos dois anos. Ela diz que 361 comunidades já adotam alguma espécie de restrição ao fumo ao ar livre.

As Leis ameaçam tornar mais difícil fumar nos horários de trabalho ou durante saídas à noite. A Califórnia hoje proíbe o fumo em muitas praias. Em setembro, o condado de Orange tornou-se o primeiro do país a proibir o fumo em todo o seu litoral. Desde 1º de julho, é proibido fumar nos parques de San Francisco. Neste mês, Governos locais no Alabama, em Ohio e em Indiana deverão votar normas sobre o fumo ao ar livre.

Uma Lei proposta em West Lafayette, Indiana, é típica das normas propostas: pretende proibir o fumo em caixas automáticos de bancos, pontos de ônibus e a uma distância inferior a 4,5 metros da entrada de prédios. No Iowa, os hospitais do Estado proíbem o fumo em qualquer parte de suas áreas, numa medida que tem o apoio da Associação dos Hospitais do Iowa.

Muitos hospitais vão proibir que se fume até mesmo dentro de carros parados em seus estacionamentos. "Como representantes da saúde, nos sentimos na obrigação de estabelecer padrões elevados de defesa de um ambiente seguro e saudável", diz Sid Ramsey, Vice-Presidente da Iowa Health Systems, que é Proprietária de três hospitais e vai proibir o fumo ao ar livre, numa medida que entrará em vigor em julho de 2006.

Os 5.300 funcionários dos hospitais serão proibidos de fumar em qualquer lugar durante seus horários de trabalho. Os defensores dos direitos dos fumantes dizem que as proibições vão longe demais. "As pessoas deveriam ter a escolha de praticar atividades arriscadas ou não", diz o fumante de cachimbo Jacob Sullum, Autor de um livro em que é partidário do direito de fumar. "Quando se proíbe o fumo do lado de fora de uma porta ou janela, os fumantes basicamente não têm mais lugar nenhum no qual possam fumar exceto em suas próprias casas -e talvez nem mesmo ali", diz Sullum. "Qual será o próximo passo? Daqui a pouco, fumar em uma casa que tenha crianças será considerado abuso. Fumar perto de animais domésticos será qualificado como crueldade contra os animais."

Folha de São Paulo

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos