Medicina Esportiva/Atividade Física - Ondas elétricas para analgesia pós exercício
Esta página já teve 115.752.368 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

Ondas elétricas para analgesia pós exercício

28/01/2006

 

 

A dor muscular tardia após o exercício, é também chamada de “soreness” em inglês. Os atletas que praticam atividade esportiva e recebem uma porção de pancadas, não sentem na hora que estão praticando o esporte, ficam com um
dolorimento muscular, que vulgarmente chama-se “machucado” em português. Teoricamente houve um trauma localizado no músculo, no osso ou na articulação, que depois do término da competição começa a doer. Muitos atletas e médicos do esporte, acham que além da pancada desenvolve-se no local uma inflamação tipo reumática aguda, mas sem infeção de micróbios. T.J.McLoughlin e colaboradores, médicos do esporte da Universidade de Toledo, no estado de Ohio, USA, resolveram experimentar nesses casos uma estimulação elétrica monofásica de alta voltagem -Monophasic high voltage stimulation (MHVS). Essas ondas não tem nada haver com o TENSIS- Transeletrikal neurological stimulation. Escolheram 14 atletas homens, que fizeram vários exercícios com contrações inadequadas no cotovelo, como se jogassem tênis, que acabaram causando uma dor local. Dividiram esses 14 atletas, que antes não tinham nenhuma dor nos cotovelos, e nem jogavam tênis, ao acaso. No grupo A, de sete atletas doloridos aplicaram nos músculos flexores do cotovelo tratamento com MHVS aplicados durante 5 minutos as 3, 6, 24, 48, 72, 96 e 120 horas, após realização do exercício que resultou em dor. No grupo B, com 7 atletas receberam choque do tipo placebo, no mesmo período, mas que se sabia de antemão que não eram eficientes. O grupo A, teve uma significativa redução da dor em menor espaço de tempo, comparado com o grupo B, em 24 horas após o aparecimento das dores (p < 0,05).

A Artrite Reumatóide é uma doença comum das articulações, caracterizada por inflamações freqüentes de várias juntas. Ataca principalmente as mulheres que se queixam de dor nos dedos das mãos, punhos, cotovelos, ombros e joelhos, porém outras juntas também podem estar doloridas como as articulações dos pés, e extensão do cotovelo também possível de realizar imediatamente após a aplicação da MHVS comparado ao grupo B.

Não houve diferenças significantes, entretanto nos 2 grupos em relação a força máxima de contração isométrica, o ângulo do braço fletido sem dor, ou o volume dos músculos da região. Os autores acreditam que aplicação da MHVS, podem dar um alívio imediato do machucado, mas não dá uma melhora da lesão traumática, pois os movimentos continuam doloridos.

 

Br J Sports Med. 2004 Dec;38(6):725-9-Intramed


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~