Stress/estresse - Stress Pós Traumático
Esta página já teve 115.936.231 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.696 acessos diários
home | entre em contato
 

Stress/estresse

Stress Pós Traumático

11/02/2006

O PTSD é uma reação de nosso organismo muito parecida com a Síndrome do Pânico, porém com uma característica importante:

É uma reação a acontecimento inesperado, inevitável, imprevisível e traumático no qual a pessoa se sentiu impotente numa situação ameaçadora, como por exemplo:

  • Combate, seqüestro, prisão, assalto, estupro, acidente, agressão física ou moral, etc.
  • Um diagnóstico preocupante, um resultado de exame de laboratório que indique doença grave, uma cirurgia difícil, um pós operatório complicado.
  • Uma perda financeira ou afetiva.
  • Incêndio, inundação, terremoto, combate.

Também pode se desenvolver quando a pessoa testemunha ou fica sabendo de uma experiência semelhante que tenha ocorrido com outra pessoa de sua família ou de seu relacionamento.

Sintomas:

Apresenta em maior ou menor grau vários sintomas da Síndrome do Pânico  

(Taquicardia, sudorese, falta de ar, tremor, fraqueza nas pernas, ondas de frio ou de calor, tontura, sensação de que o ambiente esta estranho, de que vai desmaiar, de que vai ter um infarto, de uma pressão na cabeça, de que vai "ficar louco", de que vai engasgar com alimentos, assim como crises noturnas de acordar sobressaltado com o coração disparando e com sudorese intensa, diarréias, sintomas de uma Labirintite, pensamentos que não saem da cabeça de que poderiam ter doenças graves mesmo que todos os exames sejam normais ou de que poderiam fazer mal a si mesmo ou a outras pessoas) 

acrescidos de:

  • Pesadelos e terrores noturnos relacionados com o evento traumático.
  • Um fenômeno chamado de Flash Back, no qual a pessoa tem a sensação de estar vendo ou vivenciando a mesma situação, como se fosse uma cena de filme na frente dos olhos.
  • Com o passar do tempo, se desenvolve um estado depressivo crônico com apatia, irritabilidade, desinteresse por muitas atividades, diminuição de memória e às vezes culpa.
  • A simples presença de algo que lembra a situação desencadeante pode causar ataques de ansiedade.
  • A pessoa passa a evitar situações que possam lembrar o evento que provocou a PTSD.
  • Pode ocorrer diminuição de rendimento escolar e profissional assim como isolamento social.
  • Pode haver uma desesperança com relação a planos de vida que haviam sido feitos antes do evento traumático.

Tratamento:

  • Medicação.
  • Psicoterapia.
  • Técnicas de relaxamento.

A grande maioria das pessoas melhora rapidamente com medicação e uma breve terapia.

http://www.mentalhelp.com

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~