Ginecologia/Mulher - HPV e o câncer anogenital
Esta página já teve 115.697.417 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Ginecologia/Mulher

HPV e o câncer anogenital

14/04/2006



1. Há uma forte indicação de que a incidência de verrugas genitais aumentou substancialmente na maior parte dos países ocidentais. Assim, infecção por HPV é hoje a doença sexualmente transmissível mais comum.

2. Infecções HPV genitais são altamente prevalentes (20 a 50%) em população sexualmente ativa.

3. A maioria permanece clinicamente oculta (80 a 90 %).

4. Existem mais de 200 tipos de HPV. Dos quais os mais relacionados com câncer são os tipos 16 e 18, além do 31, 33, 35, 45, 51, 52, 56, 58 e 61.

5. Transmissão do HPV:
- Na maioria é por via sexual
- Outras formas:
· por fômites ( lençóis, toalhas, peças íntimas, aparelhos ginecológicos contaminados, etc)materno-fetal (transplacentária e no canal do parto).

6. O HPV pode existir nas formas
6.1- Latente : não há lesão. Se detecta apenas o DNA HPV por biologia molecular (é a forma mais comum)
6.2- Lesão subclínica : a lesão só é detectada por métodos como a citologia oncótica e a genitoscopia
6.3- Lesão clínica : é observada como verruga genital

7. HPV DNA foi encontrado em mais 97% dos cânceres cervicais. O tipo prevalente foi o 16.

8. A infecção por HPV no colo do útero, na sua maioria é transitória e apenas uma pequena proporção de mulheres tende a abrigar o mesmo tipo de HPV persistentemente.

9. Apenas infecções persistentes podem desencadear desenvolvimento para o câncer

10. Fatores de risco:
» uso a longo prazo de contraceptivos orais
» tabagismo
» consumo de bebida alcoólica

11. Do total de infectados por HPV apenas 1 a 3% tende a evoluir para câncer.

12. A evolução para câncer só ocorre se o HPV causar uma lesão (lesão HPV induzida).

13. A evolução para câncer, em sua maioria é lenta, entre 10 a 20 anos, havendo tempo para detecção da lesão pré-neoplásica.

14. Os cânceres vulvar, vaginal, peniano e anal demonstraram abrigar o HPV DNA em no máximo 50% das vezes.

15. O risco de câncer é fortemente influenciado por: número de parceiros sexuais e idade da primeira relação sexual

16. Câncer de vagina e vulva são mais incomuns que de colo uterino.
16.1. A maior parte representa disseminação secundária de colo.
16.2. Fatores de risco para câncer vaginal:
» número de parceiros sexuais
» história de HPV genital
» resposta de anticorpos à infecção por vírus do Herpes simples tipo 2.
16.3. Fatores de risco para câncer vulvar:
» história de câncer de colo
» número de parceiros sexuais
» história de HPV
» tabagismo
» obesidade

17. A incidência de câncer peniano e sua mortalidade é fortemente correlacionada com a do câncer de colo do útero.
17.1. A doença tem início relativamente mais tardio.
17.2. Parece ter curso mais favorável entre negros americanos.
17.3. Fatores de risco:
» "status" socio-econômico e educacional
» circuncisão tardia
» história de HPV
» tabagismo

18. Câncer de ânus é raro.
18.1. As mulheres estão sob risco ligeiramente maior que os homens.
18.2. Associação como imunodepressão induzida pelo HIV.
18.3. A incidência é ligeiramente maior em negros americanos.
18.4. Fatores de risco :
» história de intercurso anal receptivo (maior em homens que em mulheres)
» história de HPV
» tabagismo
18.5. HPV está presente em aproximadamente 75% dos cânceres anais, com nítida predominância do HPV 16.

Métodos que detectam HPV

Citologia oncótica
» é o método mais tradicional e mais difundido
» pode ser usado no colo, vagina, vulva, ânus e pênis

Genitoscopia
» é método em que se usa instrumento óptico que aumente em 14 vezes e identifica lesões suspeitas para serem biopsiadas.
» No colo e vagina é colposcopia, na vulva é vulvoscopia, no ânus é anoscopia e no pênis é peniscopia

Biópsia
» é o método de diagnóstico da lesão induzida pelo HPV, tendo a maior importância para prognóstico e tratamento

Biologia molecular
» detecta o DNA do vírus em qualquer estado, mesmo latente
» o mais difundido é o teste de Captura híbrida


http://www.socego.com.br/info_paciente.asp


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~