Minerais - Veja sobre a deficiência de Iodo
Esta página já teve 116.630.622 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.684 acessos diários
home | entre em contato
 

Minerais

Veja sobre a deficiência de Iodo

24/04/2006
 

A deficiência de iodo pode causar o aumento do tamanho da tireóide, que é uma glândula localizada no pescoço, o que é conhecido como bócio ou papo. Se o papo ficar muito grande pode gerar problemas na respiração e dificuldades na hora de engolir os alimentos, bem como provocar dores e desconfortos no pescoço. Além do papo, a deficiência de iodo pode levar ao atraso no crescimento e na capacidade de aprendizagem das crianças, bem como dano no cérebro do feto ou do recém-nascido, o que gera retardo mental, surdez, mudez e cretinismo (retardo mental grave responsável por dificuldades na fala, surdez e defeitos no corpo). Os hormônios produzidos pela tireóide têm dois importantes papéis: atuam no crescimento físico e neurológico e na manutenção do fluxo normal de energia (metabolismo basal, principalmente na manutenção do calor do corpo). São muito importantes para o funcionamento de vários órgãos como o coração, fígado, rins, ovários e outros.

Como evitar a deficiência de iodo?

  • consuma alimentos ricos em iodo - alimentos do mar como peixes e ostras; vegetais cultivados em terras próximas ao mar, bem como leite e ovos de animais criados em localidades próximas do mar ou que recebam ração com iodo.

  • consuma sempre sal iodado - é a principal fonte de iodo na alimentação das pessoas.

Observe algumas orientações para a adequada compra e conservação do sal:

  • sempre que for comprar o sal, veja na embalagem se ele é iodado;

  • o sal para consumo animal não serve para fazer a comida em casa, pois ele não contém iodo;

  • compre o sal que estiver no prazo de validade, após o vencimento, não terá mais o efeito de proteger a saúde;

  • ao abrir o sal, deixe-o na mesma embalagem (saquinho) e coloque-o dentro de um recipiente com tampa, de vidro ou plástico;

  • sempre que for guardar o sal, procure colocá-lo em locais frescos, secos e ventilados. Obs.: Não deixe em locais quentes como, por exemplo, junto ao fogão;

  • não coloque colher molhada na embalagem de sal, nem o coloque dentro da geladeira, pois ele irá ficar úmido e isso prejudicará a qualidade do iodo;

  • se você utiliza tempero completo industrializado para fazer sua comida, procure intercalar com o sal iodado. Obs.: Não consuma apenas o tempero completo, pois muitas vezes este tempero não contém sal iodado;

  • se você faz o tempero completo em sua própria casa, use sempre sal iodado para fazer a mistura.

Para saber mais: USP
Fonte: Ministério da Saúde

http://www.saude.ribeiraopreto.sp.gov.br/ssaude/i16principal.asp?pagina=/ssaude/principal/painel/I16indice.htm


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos