Genética/Clonagem/Terapia gênica - Estudo aponta gene que pode estar ligado ao desenvolvimento do cérebro humano.
Esta página já teve 115.694.905 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Genética/Clonagem/Terapia gênica

Estudo aponta gene que pode estar ligado ao desenvolvimento do cérebro humano.

22/08/2006
 
Em outro trabalho, cientistas demonstram mecanismo que pode possibilitar a criação do computador quântico

O que nos faz humanos
Gene pode ter papel central na evolução do homem

Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia e do Instituto Médico Howard Hughes  encontrou uma sequência genética que pode ser responsável pela evolução do cérebro humano. Ela se manifesta durante uma fase significativa do desenvolvimento embrionário do córtex cerebral, região responsável pelos processos mais complexos do órgão, entre a 7ª e a 19ª semanas de gestação. O gene foi descoberto ao comparar o genoma humano ao de chimpanzés e roedores por meio de análises computadorizadas. Os pesquisadores procuravam regiões do genoma cuja evolução tivesse sido especialmente rápida após o surgimento da espécie humana. Essa particularidade indicaria que tais genes provavelmente foram  importantes para a evolução humana. A região que surgiu no topo da lista inclui um gene, conhecido como HAR1F, que é ativo em células nervosas especiais chamadas células de Cajal-Retzius. Essas células produzem uma proteína que guia o desenvolvimento dos neurônios e a formação de conexões entre eles.  O estudo foi publicado na versão online da revista Nature.

Computador subatômico
Trabalho explica como transformar elétrons em bits

Estudos realizados por cientistas holandeses e suíços podem representar um passo significativo no desenvolvimento de computadores quânticos. Os autores demonstraram ser possível controlar, com auxílio de campos magnéticos, uma propriedade quântica chamada spin em elétrons contidos em estruturas ultrafinas de material semicondutor. Os pesquisadores sabem que elétrons individuais podem ser colocados em determinados estados de spin e que um par de elétrons pode trocar de estado entre si. Mas, para processar informação com o spin eletrônico, é preciso alterar esses estados de uma maneira controlada. Os cientistas conseguiram fazer isso com dois elétrons colocados lado a lado, aplicando neles  pulsos magnéticos. Com os dois elétrons alterando seus spins em sincronia, seria possível utilizá-los como os bits de um computador quântico.

O nascimento das galáxias
Cientistas registram surgimento de estrelas antigas

Uma equipe internacional de astrônomos observou com a ajuda de um grande telescópio instalado no Chile a formação de uma galáxia distante. As imagens obtidas pelos cientistas mostram a galáxia BzK-15504 quando o Universo tinha apenas 3 bilhões de anos – um quinto de sua idade atual. Elas parecem registrar o processo de formação do centro denso e do disco exterior giratório que caracterizam as galáxias modernas. Os pesquisadores acreditam que o centro da galáxia esconda um grande buraco negro, para onde enormes quantidades de gás estão sendo atraídas. As estrelas existentes na formação são relativamente jovens, indício de que  a galáxia se formou surpreendentemente rápido.

Outros destaques

  •  O ponto fraco da gripe aviária
  •  Microorganismos pouco estudados são vitais ao ciclo do nitrogênio

Mais detalhes em www.nature.com/nature

http://www.revistapesquisa.fapesp.br/?art=3220&bd=2&pg=1&lg=


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~