Minerais - Abolição da fluoretação obrigatória da água
Esta página já teve 114.575.616 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.789 acessos diários
home | entre em contato
 

Minerais

Abolição da fluoretação obrigatória da água

10/09/2006

 

Devido à crescente controvérsia e preocupação do público com relação a possíveis riscos de saúde, a Irlanda, um dos únicos países da União Européia a insistir na fluoretação obrigatória da água encanada, vai afrouxar as leis atuais que exigem a fluoretação de toda a água potável.

Se a Irlanda decide mudar suas práticas de fluoretação, ela não está sozinha:

  • Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia proibiram a fluoretação da água nas décadas de 1970 e 1980, porque não se sabia o suficiente sobre os efeitos no longo prazo sobre a saúde;
  • a Alemanha rejeitou a prática em 1975 por ser “alheia à natureza, desnecessária, ineficiente, irresponsável e prejudicial ao meio ambiente”;
  • um ano mais tarde, os holandeses proibiram a fluoretação;
  • o Secretário da Saúde Pública da França declarou, em 1980, que a fluoretação era “perigosa demais”.

_____
British Medical Journal 10 de junho de 2000; 320: 1560

Associação Dental Canadense também adverte
contra suplementos de fluoreto
para crianças pequenas

Para evitar a descoloração permanente dos dentes, a ADC, Associação Dental Canadense, passou a recomendar que não se dê suplemento de fluoreto à criança antes da erupção dos dentes permanentes, o que costuma ocorrer aos 6 ou 7 anos de idade. Estudos indicam que a incidência de cáries dentárias está diminuindo tanto nas áreas fluoretadas como nas não fluoretadas, enquanto que a fluorose dental (dentes com pintas brancas, manchas amarelas ou marrons e, às vezes, dentes frágeis) está aumentando nas áreas fluoretadas. Além dos danos dentários, o fluoreto provoca danos sistêmicos.

As crianças obtêm fluoreto de muitas fontes: alimentos e bebidas produzidos em cidades fluoretadas; emissão industrial de flúor no ar; produtos dentários fluoretados; alimentos contendo resíduos de pesticidas com fluoreto; medicamentos, anestésicos e outros produtos contendo fluoreto. O fluoreto é também inalado por meio de neblina marítima, chuveiros e umidificadores.

_____
Fonte: Diretoria da Associação Dental Canadense, março de 2000; outras informações foram obtidas da Coalizão do Estado de Nova York, contrária à fluoretação.

Comentário:
A recomendação da ADC é um importante passo na direção certa, embora claramente não suficiente. Obviamente, a fluoretação não deveria mais ser usada por ninguém. Existem opções mais eficazes para melhorar a saúde dentária, sendo que a alimentação é a medida mais importante na prevenção das cáries.

Veja o livro extraordinário
Nutrition and Physical Degeneration

do Dr. Weston Price

http://www.taps.org.br/Paginas/sdentesfluor04.html


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos