Stress/estresse - Manejo de estresse ocupacional na perspectiva da área de avaliação de programas
Esta página já teve 113.995.365 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.858 acessos diários
home | entre em contato
 

Stress/estresse

Manejo de estresse ocupacional na perspectiva da área de avaliação de programas

12/12/2006

 

Estudos de Psicologia (Natal)
ISSN 1413-294X versão impressa

   
 

Resumo

MURTA, Sheila Giardini, LAROS, Jacob Arie e TROCCOLI, Bartholomeu Torres. . Estud. psicol. (Natal), maio/ago. 2005, vol.10, no.2, p.167-176. ISSN 1413-294X.

O objetivo deste artigo é apresentar procedimentos para implementar e avaliar programas de manejo de estresse ocupacional focados no indivíduo, fundamentando-se na literatura das áreas de psicologia da saúde ocupacional e de avaliação de programas. São abordados o planejamento da intervenção, sua implementação e avaliação, com base no ciclo da pesquisa em ciências sociais, cujas etapas compreendem a avaliação de necessidades, busca de base teórica, definição de objetivos, variáveis, instrumentos, delineamento, participantes, procedimentos, implementação do programa e coleta de dados, análise e interpretação de resultados, divulgação dos resultados e formulação de novas questões. São discutidas perspectivas futuras para a área de avaliação de programas e possíveis ganhos resultantes de alianças entre este campo e o campo de intervenções em manejo de estresse ocupacional.

Palavras-chave: avaliação de programas; estresse ocupacional; intervenção.

        · resumo em inglês     · texto em português     · pdf em português


Estudos de Psicologia (Natal)

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-294X2005000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos