Infecto-contagiosas/Epidemias - Fatores associados às formas evolutivas graves da infecção crônica pelo vírus da hepatite C
Esta página já teve 114.559.009 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.792 acessos diários
home | entre em contato
 

Infecto-contagiosas/Epidemias

Fatores associados às formas evolutivas graves da infecção crônica pelo vírus da hepatite C

12/02/2007
Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
Print ISSN 0037-8682

 


Rev. Soc. Bras. Med. Trop. vol.39 no.5  Uberaba Sept./Oct. 2006

ARTIGO ARTICLE

 

 

Factors associated with severe evolutive forms of chronic infection with hepatitis c virus

 

 

Romes Rufino de VasconcelosI; Fátima Mitiko TenganII; Norma de Paula CavalheiroIII; Karim IbrahimIV; Hayde PereiraV; Antonio Alci BaroneII

IDepartamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia, MG, Uberlândia, MG
IIDepartamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP
IIILaboratório de Investigação Médica em Hepatologia do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP
IVHospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP.
VCentro de Referência e Treinamento de HIV/aids, São Paulo, São Paulo, SP

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Com o objetivo de descrever os fatores epidemiológicos e clínicos-laboratoriais e avaliar os fatores associados ao desenvolvimento de fibrose moderada e grave, realizou-se a revisão de 426 prontuários médicos de pacientes com infecção crônica pelo vírus da hepatite C, atendidos na Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no período de 01/01 a 31/12/2000. Dos pacientes incluídos no estudo, 56,3% eram do sexo masculino e 43,7% do sexo feminino. A idade deles variou de 18 a 69 anos. A hemotransfusão foi a forma mais freqüente de transmissão do vírus da hepatite C, encontrada em 128 (30%) dos casos e em 187 (43,9%) pacientes não foi encontrado nenhum fator de risco. A distribuição dos pacientes quanto à alteração arquitetural visto na biópsia hepática foi: grau 0 (14,1%), grau 1 (51,2%), grau 2 (20,6%), grau 3 (8%) e grau 4 (6,1%). Na análise multivariada, encontramos associação positiva entre intensidade da fibrose e idade maior que 40 anos na data da biópsia hepática, níveis séricos de albumina abaixo do limite inferior normal, gama-glutamiltransferase maior ou igual a duas vezes o limite superior da normalidade, plaquetas em número menor que 150.000/mm3 e alta atividade necro-inflamatória. Os dados foram inconclusivos para testar a associação entre gravidade da fibrose e alcoolismo.

Palavras-chaves: Hepatite C. Fibrose hepática. Prognóstico. Estudo transversal.


ABSTRACT

To assess the factors associated with the development of moderate and severe fibrosis, the medical records of 426 patients with chronic hepatitis C virus infection attended at the Infectious and Parasitic Diseases Clinic of the University of São Paulo Faculty of Medicine from January 1 to December 31, 2000 were reviewed. Of the patients included in the study, 56.3% were male and 43.7%, female. Patient age ranged from 18 to 69 years. Blood transfusion was the most frequent form of hepatitis C virus transmission, detected in 128 (30%) cases, and no risk factor was detected in 187 (43.9%) patients. Patient distribution regarding architectural changes observed in a liver biopsy was: grade 0 (14.1%); grade 1 (51.2%); grade 2 (20.6%); grade 3 (8%); grade 4 (6.1%). Multivariate analysis revealed a positive correlation between fibrosis severity and age greater than 40 years at the time of the liver biopsy, serum albumin levels below normal lower limits, gamma-glutamyltransferase levels equal to or higher than twice upper normal limits, platelet numbers less than 150,000/mm3 and high necroinflammatory activity. The data obtained were inconclusive regarding a possible correlation between severity of fibrosis and alcoholism.

Key-words: Hepatitis C. Fibrosis of the liver. Prognosis. Cross-sectional studies.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86822006000500003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos