Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação - Lesões vasculares de membros superiores
Esta página já teve 114.404.610 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.802 acessos diários
home | entre em contato
 

Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação

Lesões vasculares de membros superiores

01/06/2007

Jornal Vascular Brasileiro

 

Resumo

SHALABI, Raafat, AL AMRI, Yoysifh e KHOUJAH, Elham. . J. vasc. bras., dez. 2006, vol.5, no.4, p.271-276. ISSN 1677-5449.

OBJETIVO: Este estudo analisa as causas de lesões, apresentação, abordagens cirúrgicas, desfechos e complicações do trauma vascular de membros superiores, apesar de recursos hospitalares limitados. MÉTODOS: Análise retrospectiva de 5 anos. De 01/01/2001 a 31/12/2005, 165 pacientes foram operados devido a lesões vasculares no King Fahd Hospital, Medina, Arábia Saudita. De todos os pacientes com trauma vascular periférico (115), trauma de membros superiores esteve presente em 58. O diagnóstico foi realizado por exame físico e Doppler manual isoladamente ou associado com ultra-som Doppler/angiografia. A restauração vascular primária foi realizada sempre que possível; do contrário, utilizou-se a interposição de veia. A fasciotomia foi considerada quando necessário. Pacientes com lesão de membro inferior não resgatável necessitando de amputação foram excluídos do estudo. RESULTADOS: Cinqüenta pacientes eram homens (86%) e oito eram mulheres (14%), com idade entre 2,5 e 55 anos (média de 23 anos). A duração média de apresentação foi 8 h pós-lesão. O fator etiológico mais comum foi acidente em estradas, sendo responsável por 50,5% no grupo de trauma contuso e 33% entre as lesões penetrantes e por arma branca. A incidência de lesões ortopédicas concomitantes foi muito alta em nosso estudo (51%). A artéria braquial foi a mais afetada (51%). A interposição de veias foi utilizada em 53% dos casos. A taxa de preservação de membros foi de 100%. CONCLUSÃO: Pacientes que sofrem lesões vasculares de membros superiores devem ser transferidos para centros de cirurgia vascular o mais rápido possível. O tratamento imediato do trauma vascular periférico aumentará a sobrevida dos pacientes e a preservação dos membros. Devem-se estabelecer prioridades no tratamento de lesões associadas e evitar o atraso quando alterações isquêmicas estiverem presentes.

Palavras-chave : Trauma vascular; membro superior; interposição de veia.

        · resumo em inglês     · texto em inglês     · pdf em inglês

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1677-54492006000400006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 

 

IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos