Meio Ambiente/Ecologia - Chuva Ácida
Esta página já teve 114.662.014 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.777 acessos diários
home | entre em contato
 

Meio Ambiente/Ecologia

Chuva Ácida

17/06/2003
A chuva ácida é uma das principais consequências da poluição do ar. As queimas de carvão ou de derivadas de petróleo liberam resíduos gasosos, como óxidos de nitrogênio e de enxofre. A reação dessas substâncias com a água forma ácido nítrico e ácido sulfúrico, presentes nas precipitações de chuva ácida. Os poluentes do ar são carregados pelos ventos e viajam milhares de quilômetros; assim, as chuvas ácidas podem cair a grandes distâncias das fontes poluidoras, podendo prejudicar até outros países. O solo se empobrece, a vegetação fica comprometida. A acidificação prejudica os organismos em rios e lagoas, comprometendo a pesca. Monumentos de mármore são corroídos, aos poucos, pela chuva ácida. A chuva ácida vem da seguinte reação:

SO2(g) + 1/2 O2(g) ------óxidos de nitrogênio--------> SO3(g)

SO3(g) + H2O(l) -----------higroscópia----------------------> H2SO4(aq)


Monumentos de mármore são corroídos pela chuva ácida.

Os óxidos de nitrogênio são importantes agentes de poluíção pois além de catalisarem a formação de SO3(g), também reagem com água formando outros ácidos que se encontram na chuva ácida (HNO2 e HNO3). A maior parte do SO2(g) liberadas na atmosfera provém da queima de carvão e de derivados de petróleo (principalmente óleo combustível industrial).
www.qaw.com.br


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos