alergia - A soma de quatro principais alérgenos representa o potencial alergênico de luvas de procedimentos médicos
Esta página já teve 116.461.622 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.689 acessos diários
home | entre em contato
 

alergia

A soma de quatro principais alérgenos representa o potencial alergênico de luvas de procedimentos médicos

31/07/2007

 

 

 

 

 

Pesquisadores finlandeses publicaram, recentemente, no Allergy, um estudo em que procuraram avaliar o potencial alergênico de dispositivos médicos fabricados com látex de borracha natural, através da medida das concentrações de proteínas alergênicas específicas ou de polipeptídeos recobertos da borracha.

 

Quatro alérgenos do látex de borracha natural (Hev b 1, 3, 5 e 6,02) foram quantificados em todas as marcas de luvas de procedimentos médicos fabricadas na Finlândia em 1999, 2001 e 2003 (n = 208) por imunoensaio de captura enzimática. Os resultados foram comparados com os resultados obtidos em pesquisas nacionais prévias de mercado, utilizando um método de inibição baseado em prick test cutâneo validado para dosagem de IgE-humana por ELISA.

 

Surgiu elevada correlação geral (r = 0,87; IC95% = 0,83 – 0,90) entre os valores somados dos quatro alérgenos (mg/g de luva) e inibição de IgE por ELISA (unidades de alérgeno, AU/mL, 1:5 extrato diluído de luva). A soma dos quatro alérgenos, quando limitada a 0,15 mg/g, discriminou luvas “pouco alergênicas” (< 10 AU/mL) de “moderadas a altamente alergênicas” (> 10 AU/mL) com sensibilidade de 0,93 (IC95% = 0,85 – 0,98) e especificidade de 0,90 (IC95% = 0,83 – 0,94). Quando a soma foi inferior ao limite de detecção (0,03 mg/g), todas as luvas pertenciam à categoria previamente definida como “pouco alergênicas”.

 

Os pesquisadores concluíram que, ao comparar a soma das concentrações de quatro alérgenos principais de luvas de procedimentos médicos fabricadas com látex de borracha natural aos resultados obtidos com inibição de IgE humana por ELISA, foi possível estabelecer um nível limite (0,15 mg/g) abaixo do qual virtualmente todas as luvas contêm quantidade pequena ou insignificante de alérgenos, e podem ser consideradas como pouco alergênicas. Em diferentes pontos de corte, é possível calcular a tendência de uma dada luva pertencer a categoria de capacidade alergênica baixa, moderada ou elevada previamente definidas.



Uma resenha de
Latex allergy: the sum quantity of four major allergens shows the allergenic potential of medical gloves - Allergy 2007;62:781-786.

 

Fonte:

 

http://www.medicalservices.com.br/naologadas/noticias_cientificas/exibe.php?topo=http://www.medicalservices.com.br/naologadas/noticias_cientificas/tp_frm/der.htm&arquivo=http://www.endoclub.com.br/materias/2801-2900/2898.html

 

 

 

IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.



 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~