alergia - Alergia ao látex e a frutas em profissionais da área da saúde.
Esta página já teve 115.242.488 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.723 acessos diários
home | entre em contato
 

alergia

Alergia ao látex e a frutas em profissionais da área da saúde.

19/11/2007

Revista de Nutrição

Resumo

MARIN, Flávia Andréia, PERES, Suely Prieto de Barros Almeida, VENTURINI, Maria do Carmo et al Rev. Nutr., out./dez. 2003, vol.16, no.4, p.415-421. ISSN 1415-5273.

INTRODUÇÃO: A alergia ao látex tornou-se um risco crescente aos indivíduos expostos, como os profissionais da área da saúde, tendo como agravo a associação com hipersensibilidade a vários alimentos, especialmente frutas. OBJETIVO: Avaliar a freqüência de sensibilização ao látex e a frutas em profissionais da área da saúde. MÉTODOS: Foram avaliados 53 profissionais da saúde, 81,9% do sexo feminino, aplicando-se questionário alergológico e testes cutâneos por puntura para alérgenos inaláveis, do látex e de frutas (mamão papaia, kiwi, abacate, banana, figo, tomate, noz). RESULTADOS: Dos 53 indivíduos estudados, 15 (28,5%) eram alérgicos ao látex. A sensibilidade a frutas foi diagnosticada em 14 (26,4%), dos quais 10 (18,8%) apresentavam teste por puntura positivo para o látex; as frutas alergênicas mais freqüentes foram papaia (80,0%), kiwi (60,0%) e abacate (50,0%). CONCLUSÃO: Estes achados demonstram a existência da alergia látex-fruta, como descrito na literatura, sendo de suma importância uma avaliação in vivo em profissionais da área de saúde, caracterizados como potencial grupo de risco.

Palavras-chave : hipersensibilidade ao látex; reatividade cruzada; profissionais de saúde.

        · resumo em inglês     · texto em português     · pdf em português

 

 

 

Revista de Nutrição

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1415-52732003000400005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
kill yourself rogue.