Psiquiatria e Psicologia - Envolvimento em atos infracionais e com drogas como possibilidades para lidar com o papel de filho parental.
Esta página já teve 133.087.120 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 24.664 acessos diários
home | entre em contato
 

Psiquiatria e Psicologia

Envolvimento em atos infracionais e com drogas como possibilidades para lidar com o papel de filho parental.

27/12/2007

Psicologia USP

 

Resumo

PENSO, Maria Aparecida e SUDBRACK, Maria Fátima.  Psicol. USP, 2004, vol.15, no.3, p.29-54. ISSN 0103-6564.

Este estudo busca compreender a contribuição da dinâmica familiar no processo de construção identitária de adolescentes que cometeram atos infracionais e são usuários de drogas, vivendo em situação de pobreza e exclusão social. Seu referencial teórico é a Teoria Sistêmica. Utiliza-se da metodologia qualitativa de pesquisa-intervenção com dez adolescentes em medida sócio-educativa de semiliberdade e suas famílias. Os resultados apontam para a função do uso de drogas e do cometimento de atos infracionais na adolescência, como uma das saídas encontradas pelo adolescente para lidar com o papel de filho parental, permitindo a resolução da crise identitária.

Palavras-chave : Família; Adolescência; Droga (uso); Crise de identidade.

        · resumo em inglês | francês     · texto em português     · pdf em português

                            Instituto de Psicologia

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-65642004000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos