Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca - Seu coração e uso de anticoagulantes
Esta página já teve 114.465.180 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.803 acessos diários
home | entre em contato
 

Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca

Seu coração e uso de anticoagulantes

04/03/2008

 

Anticoagulantes são drogas usadas com a finalidade de evitar a formação de trombos em seu coração, artérias ou veias. Elas são usadas em algumas patologias cardíacas para evitar que os trombos se instalem no seu coração, pulmões ou cérebro, causando isquemia e podendo levar ao óbito. Assim, o uso destes medicamentos se torna indispensável em alguns pacientes.

Entretanto, o uso de anticoagulantes está associado a um risco maior de sangramentos. Portanto, seu médico irá orientar uma posologia adequada para seu caso e acompanhá-lo periodicamente com exame laboratorial denominado RNI para avaliar se você está numa zona de tratamento (de anticoagulação efetiva) com menor risco de sangramento espontâneo.

O tempo de tratamento, o ajuste das doses e a freqüência da realização dos testes serão determinados pelo seu médico.

Em alguns casos, se o teste revelar um valor muito elevado de RNI, talvez seja necessário procurar uma emergência para uso de um antídoto para recuperar sua coagulação normal.

Alguns outros medicamentos podem diminuir ou aumentar a potência de seu esquema anticoagulante e ser necessário um novo ajuste. O mesmo acontece com alguns alimentos, tais como folhas verdes (espinafre, alface, agrião,etc). Converse com seu médico a respeito disto.

Informe a outros profissionais médicos ou dentistas a respeito do uso de anticoagulantes. Pode ser necessário conversar com seu médico antes de iniciar seu tratamento dentário. Não se submeta a nenhum procedimento cirúrgico sem antes informar seu médico.

Precauções

Se você seguir a orientação médica, normalmente não terá que se preocupar. Efeitos graves são raros. Alerte seu médico se:
• Tenha urina vermelha ou marrom escura
• Fezes com sangue ou marrom escura
• Aumento do fluxo menstrual
• Dor de cabeça ou abdominal importante
• Sangramento

Outras doenças podem reduzir sua tolerância ou aumentar seu risco em relação aos anticoagulantes. Assim, comunique ao seu médico se:
• Ficar grávida
• Sofra acidente ou tenha tido algum traumatismo, como contusões
• Tenha hematomas ou “bolhas de sangue”

Alerte seus familiares a respeito dessas informações e carregue na sua carteira um cartão identificando-o como usuário de anticoagulante.

 

Fonte:

 

http://www.institutoprocardiaco.com.br/anticoagulantes.htm

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos