Receitas Kasher/Cozinha Judaica - Comemoração de Pessach
Esta página já teve 115.753.026 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.705 acessos diários
home | entre em contato
 

Receitas Kasher/Cozinha Judaica

Comemoração de Pessach

21/04/2008

 

A comemoração de Pessach dura oito dias e o preparo dos alimentos requer cuidados especiais, pois deve-se fazer abstenção de alimentos fermentados durante toda a festividade. A matzá, ou pão não fermentado é o alimento característico.

 

No decorrer dos séculos, as várias comunidades desenvolveram hábitos e costumes diversos para as comemorações judaicas. Dentre estas Pessach é a festa que apresenta maior variedade de costumes, diferenciando especialmente os judeus askenazi e os sefaradi.

Mesmo nos lares não tradicionalistas, as cerimônias são relembradas como o nosso Êxodo (Saída do Egito). Por sua significação histórica, e por ser, mais do que todas as outras, uma festa do lar , a celebração de Pessach coloca na vida judaica uma nota de júbilo vivificante. Cada membro do povo volta-se para o passado na esperança do porvir. Todos são unânimes na mesma ilusão. Esta festa apesar do seu conteúdo histórico relacionado com a natureza, Pessach é também considerada a festa da Primavera. Assim , ela representa duas tradições felizes: a do escravo em individuo livre,e a do solo cru e entorpecido em campo cheio de vida e florescimento.

Pessach, pelos seus preceitos, implica numa revolução na casa : louças , talheres , utensílios de cozinha , tudo estará em mudança nos dias prévios à festa. Mas, quando o calendário anuncia 14 de Nissan .Erev Pessach (véspera de Pessach), a cada toda parece ter passado por uma vara mágica que colocou uma alma nova em cada um dos seus moradores.

Pessach equivale também a festa de independência do povo judeu. É a chamada também de Ziman Cherutêm (data da libertação )e está escrito "Lembrai-vos deste dia em que saístes do Egito, da casa da servidão; pois , com mão forte o senhor vos tirou dali" (Exodus Xll, 3)

Nós a celebramos em 15 de Nissan e prolonga-se por oito dias . Desses dois primeiros e dois últimos , são Yamim Tovim (dias festivos ) e os quatro do meio Chol Hamoed (meia festa). Nesse período intermediário,os trabalhos indispensáveis são permitidos.

Em Israel , o mês de Nissan coincide com a primavera e por essa razão é também chamada "Chag Aviv" , ou seja precisamente , a festa da primavera. Esta festa sela o vinculo do povo judeu com a natureza e exterioriza a sua vocação campestre. O traço mais característico do Pessach é o consumo de pães ázimos, matzot (pão sem levedura)

A matzá durante oito dias substitui o pão comum . A cerimonia da noite de Pessach é chamada de Seder (ordem).

A mesa estará adornada com seus melhores acessórios entre os quais não faltarão os candelabros com suas velas acessas.

Em frente ao lugar e onde sentará o chefe da família deverá estar a bandeja do Seder , ou seja um prato de metal ou porcelana enfeitados com desenhos alusivos e sobre esses os símbolos do Seder, os quais são : asa de galinha queimada (zeroa), recorda o carneiro que ser sacrificava antigamente na Páscoa. Alface (MARROR) para lembrar a amargura dos nossos antepassados no Egito, Charosset (mistura de nozes , canela , cravo , passas , maçã e vinho pra evocar a cor do barro.

Ovo cozido (beitzá), que lembra o luto pela perda do templo . Sua forma sugere também a vulnerabilidade da fortuna que gira rapidamente:constitui, portanto um consolo ao afligido por momentos difíceis e uma advertência ao favorecido pela sorte (tudo poderá mudar)Karpass.

Ao lado desse prato , uma vasilha com água salgada para lembrar as lágrimas derramadas. Nessa água devemos molhar as verduras antes de levá-las à boca.

A cerimônia começa com um Kidush . A seguir serve -se o karpass.O pai segura as três matzot , quebra a do meio em dois pedaços e reserva a maior para distribuir no fim da refeição como sobremesa (afikoman).

Deve-se ingerir quadro copos de vinho durante o decorrer do Seder.

É lida a Hagadá de Pessach e , ao término, todos devem dizer em uníssono "Leshaná habáa Bi-Yrushalaim " (o ano que vem em Jerusalém).

 

Fonte:

 

http://br.geocities.com/ydishe_tam/festas.htm#pessach

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~