Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca - Atividade sexual pós-infarto do miocárdio: tabu ou desinformação?
Esta página já teve 111.008.754 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.780 acessos diários
home | entre em contato
 

Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca

Atividade sexual pós-infarto do miocárdio: tabu ou desinformação?

03/05/2008

Arquivos Brasileiros de Cardiologia

 

Resumo

LUNELLI, Rosana Pinheiro, RABELLO, Eneida Rejane, STEIN, Ricardo et al. Arq. Bras. Cardiol., mar. 2008, vol.90, no.3, p.172-176. ISSN 0066-782X.

FUNDAMENTO: O retorno à atividade sexual após síndrome coronária aguda (SCA), apesar da importância clínica e social, é assunto pouco abordado pela equipe de saúde, e que tem recebido pouca ênfase durante a internação. A disfunção erétil tem sido uma queixa freqüente entre pacientes cardiopatas, aliada a dúvidas sobre a segurança no retorno à atividade sexual após evento cardiovascular. OBJETIVO: Descrever o conhecimento dos pacientes quanto ao infarto agudo do miocárdio (IAM) e às orientações recebidas para o retorno à atividade sexual. MÉTODOS: Estudo transversal realizado entre junho e julho de 2005. Foram incluídos pacientes que se encontravam no sexto dia pós-IAM. Foi aplicado um instrumento relacionado ao conhecimento sobre o IAM, à freqüência e às expectativas de retorno à atividade sexual no período pós-alta hospitalar. RESULTADOS: Foram incluídos 96 pacientes, dos quais 70% eram do sexo masculino, com média de idade de 59 ± 12 anos, e 80% eram vítimas de primeiro infarto agudo do miocárdio. Desses pacientes, 96% desconheciam as manifestações clínicas e as possíveis limitações provocadas pelo IAM, 63% relataram ter vida sexual ativa antes do evento, 60% tinham dúvidas quanto ao retorno à atividade sexual após a alta, e apenas 4% dos pacientes receberam orientações pelos profissionais de saúde durante o período de internação. CONCLUSÃO: Nossos achados indicam que as orientações dispensadas pela equipe aos pacientes durante a internação são subótimas, no que tange tanto ao IAM quanto ao retorno à atividade sexual. A atualização da equipe de saúde, principalmente dos enfermeiros que despendem mais tempo com os pacientes, são estratégias que podem melhorar esses resultados.

Palavras-chave : Infarto do miocárdio; atividade sexual; enfermeiros.

        · resumo em inglês     · texto em português | inglês     · pdf em português | inglês

                 Arquivos Brasileiros de Cardiologia

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0066-782X2008000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 



IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos