Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca - Avaliando a atividade vagal cardíaca na eletrocardiografia convencional
Esta página já teve 117.092.801 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.649 acessos diários
home | entre em contato
 

Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca

Avaliando a atividade vagal cardíaca na eletrocardiografia convencional

26/05/2008

Arquivos Brasileiros de Cardiologia

 

Abstract

TEIXEIRA, Flávia P., RICARDO, Djalma R., CASTRO, Claudia Lucia Barros de et al. Avaliando a atividade vagal cardíaca na eletrocardiografia convencional. Arq. Bras. Cardiol., Apr. 2007, vol.88, no.4, p.378-383. ISSN 0066-782X.

OBJETIVO: Determinar a viabilidade da utilização de traçado convencional de eletrocardiografia (ECG) para avaliação da atividade vagal cardíaca (AVC). MÉTODOS: Foram analisados, retrospectivamente, 1.395 indivíduos (995 homens), na faixa de idade de 46 + 17,2 anos (média ± desvio padrão), com traçados de ECG convencional para medida do Delta RR, que representa a diferença, em ms, entre o maior e o menor intervalo RR, e com resultados da avaliação autonômica parassimpática, o teste de exercício de quatro segundos (T4s), que quantifica a AVC por meio do índice vagal cardíaco (IVC). Foram obtidas curvas ROC para determinar os valores de Delta RR com melhor relação entre sensibilidade e especificidade para os pontos de corte de baixa e alta AVC, respectivamente, de 1,20 e 1,95. RESULTADOS: Os valores de delta RR correlacionaram-se significativamente com os de IVC (r = 0,40; p < 0,001). Foram identificados < 60 ms e > 120 ms como os melhores pontos de corte para baixa e alta AVC, com sensibilidade de 75% e 57%, especificidade de 62% e 79% e áreas das curvas ROC de 0,76 e 0,74, respectivamente. CONCLUSÃO: A medida visual do delta RR em um traçado de ECG parece ser válida para a avaliação clínica preliminar e rápida da AVC, podendo ser útil em consultórios, emergências ou situações nas quais o uso de métodos mais sofisticados de avaliação autonômica não seja viável, oportuno ou conveniente.

Keywords : Teste de esforço; eletrocardiografia; freqüência cardíaca.

 

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0066-782X2007000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos