Antienvelhecimento/Longevidade - A velhice: algumas considerações teóricas e conceituais
Esta página já teve 115.742.642 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.703 acessos diários
home | entre em contato
 

Antienvelhecimento/Longevidade

A velhice: algumas considerações teóricas e conceituais

05/06/2008

Ciência& Saúde Coletiva

 

Ciênc. saúde coletiva vol.7 no.4 Rio de Janeiro  2002

doi: 10.1590/S1413-81232002000400021 

TEMAS LIVRES

 

A velhice: algumas considerações teóricas e conceituais

 

The old age: some theoretical and conceptual considerations

 

 

Renata Lopes de Siqueira1; Maria Izabel Vieira Botelho1; France Maria Gontijo Coelho1

Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa, 36570-000 Campus Universitário, Viçosa MG

Endereço para correspondência

 

 


ABSTRACT

In this study, a discussion is accomplished on some papers concerning to the aging phenomenon, whereas looking for the identification of different analysis perspectives: on the "biological/behavioral" perspective are those studies fundamentally related to the physiologic aging process. The "economicist" perspective is focused on the economic impact of the social aging, by analyzing the matters related to the demand for health services and social welfare benefits. On the perspective of the "sociocultural" character, the old age is understood as a social construction, and the papers discuss the possible forms for its representation. The fourth perspective, "transdisciplinary", represents a dimension trying to contemplate a set of different-natured aspects (biological, economic, sociocultural) pointed out in the previous perspectives. Therefore, considering the complexity of the old age reality and the difficulties to approach theoretically and methodologically the hole theme, this paper concludes that there is not possible to decide which perspective is more appropriate to analyze the aging phenomenon, and appoints the necessity of a deeper and wider debate about the theoretical and practical implications of each perspective.

Key words: Populational aging, Old age, Epistemology


RESUMO

Neste artigo procede-se ao exame de algumas obras que discutem o envelhecimento, buscando analisar as diferentes perspectivas de análise: na perspectiva "biológico/comportamentalista" discutem-se aqueles estudos que se ocupam do processo de envelhecimento fisiológico. Na perspectiva "economicista" analisa-se o impacto econômico do envelhecimento social, discutindo questões relativas à demanda por serviços de saúde e benefícios previdenciários. Na perspectiva "sociocultural", a velhice é entendida como uma construção social e se reflete sobre as possíveis formas de representações desta. A quarta perspectiva, "transdisciplinar", representa uma dimensão que se esforça em contemplar o conjunto dos aspectos (biológico, econômico, sociocultural) apontados nas perspectivas anteriores. Considerando o grau de complexidade da realidade acerca da velhice e as dificuldades teóricas e metodológicas de contemplá-la na sua totalidade, este trabalho conclui por um impasse sobre qual seria a perspectiva mais apropriada para analisá-la, e aponta para a necessidade de se ampliar e aprofundar o debate sobre as implicações teóricas e práticas relativas de cada perspectiva.

Palavras-chave: Envelhecimento populacional, Velhice, Epistemologia

 

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232002000400021&nrm=iso&tlng=pt

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~