Medicina Esportiva/Atividade Física - Prescriçäo e benefícios da atividade física na terceira idade
Esta página já teve 116.513.184 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.682 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

Prescriçäo e benefícios da atividade física na terceira idade

12/07/2008
Id: 186195
Autor: Matsudo, Sandra Mahecha; Matsudo, Victor K. R.
Título: Prescriçäo e benefícios da atividade física na terceira idade / Prescription and benefits of physical activity in the third age
Fonte: Rev. bras. cienc. mov;6(4):19-30, out. 1992. tab.
Idioma: Pt.
Resumo: Com o controle das doenças infecto-contagiosas e a melhora na qualidade de vida, a expectativa de vida e o número de pessoas que atingem a terceira idade tendem a aumentar. Dentre os fatores que têm contribuído para este fenômeno estäo, sem dúvida, a preocupaçäo pelo estilo de vida e o incremento da atividade física. O envelhecimento vem acompanhado de uma série de efeitos nos diferentes sistemas do organismo que, de certa forma, diminuem a aptidäo e a performance física. No entanto, muitos destes efeitos deletérios säo secundários à falta de atividade física. Por esta razäo a prática do exercício físico regular torna-se fundamental nesta época da vida. Todavia, a prescriçäo de exercício deve ser individualizada, já que as alteraçöes morfológicas e funcionais que acontecem nesta época requerem atençao especial. As atividades físicas mais recomendadas säo as atividades aeróbicas de baixo impacto (caminhar, nataçäo, ciclismo, hidroginástica), que estäo associadas com menor risco de lesöes. Fundamental incrementar a força muscular, já que sua perda é associada com instabilidade, quedas, incapacidade funcional e perda de massa óssea. Bem orientado, um programa de treinamento muscular adequado traz grandes benefícios para o idoso. A atividade física regular na terceira idade proporciona múltiplos efeitos benéficos a nível antropométrico, neuromuscular, metabólico e psicológico, o que além de servir na prevençäo e tratamento das doenças próprias desta idade (Hipertensäo arterial, enfermidade coronariana, osteoporose, etc.), melhora significativamente a qualidade de vida do indivíduo e sua independência. Além desses efeitos já conhecidos, pesquisas recentes mostram os efeitos benéficos da atividade física sobre a incidência de câncer (principalmente de cólon e do sistema reprodutivo na mulher) e na longevidade das pessoas. Iniciada precocemente, alguns autores reportam incremento de até 2,5 anos na expectativa de vida em funçäo de participaçäo em um programa de exercício físico regular. Assim, provavelmente além de oferecer melhor qualidade de vida, a atividade física, proporciona mais anos de vida. (AU)
Descritores: Exercício/fisiologia
Saúde do Idoso
Meia-Idade/fisiologia
Idoso/fisiologia
Esperança de Vida
-Envelhecimento/fisiologia
Qualidade de Vida
Longevidade/fisiologia
Idoso de 80 Anos ou mais
Neoplasias/terapia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Tipo de Publicação: Revisão
Responsável: BR1.1 - BIREME

 

Fonte:

http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos