Medicina Esportiva/Atividade Física - A representação de dor em atletas olímpicos brasileiros
Esta página já teve 111.036.549 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.780 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

A representação de dor em atletas olímpicos brasileiros

01/09/2008

Full text

REV. DOR

2007 - Jan/Fev/Mar, 8(1): 926-935

Artigo Original - ISSN 1806-0013

 

Recebimento: 05/02/2007

Aprovado: 08/02/2007

 

 

 

A REPRESENTAÇÃO DE DOR EM ATLETAS OLÍMPICOS BRASILEIROS

 

THE PAIN REPRESENTATION IN THE BRAZILIAN OLYMPIC ATHLETES

 

Kátia Rubio1 , Flavio de Godoy Moreira2

 

1 - Professora Associada da Escola de Educação Física e Esporte - USP. Coordenadora do Centro de Estudos Socioculturais do Movimento Humano.

2 - Médico Ortopedista. Diretor da Clínica Dr. Godoy Moreira. Membro do Centro de Estudos Socioculturais do Movimento Humano.

 

RESUMO

No esporte de alto rendimento, o nível de habilidade não é condição suficiente para se obter sucesso. Transpor obstáculos é um desafio físico e psicológico constante para o atleta em um mundo onde é imperiosa a necessidade de controle diante do risco de lesões. Um dos eventos largamente apontados como limitantes do desempenho é a dor, principalmente porque no senso comum se faz uma associação dessa manifestação à lesão. Apesar disto, a extensão de sua atuação como limitante do desempenho é pouco estudada, talvez pelas dificuldades, principalmente éticas, de se conseguir fazer experimentos com seres humanos. Este trabalho tem como objetivo mostrar como os atletas brasileiros medalhistas olímpicos referem-se à dor. A metodologia utilizada foi histórias de vida, coletadas em entrevistas de onde foram retirados elementos que possibilitam analisar este acontecimento. As lesões são como obstáculos que podem interromper ou atrapalhar a carreira esportiva, mas que depois de superadas resultaram para o atleta em uma ressignificação da vitória e da superação. Os resultados apontam que superação neste contexto significa suportar um momento de dificuldade apoiado em uma forte determinação psicológica que levará à reabilitação final. O atleta desempenha um papel decisivo no sucesso do tratamento de uma lesão, porém a participação de equipe técnica e médica, bem como dos próprios familiares, representa um importante apoio neste processo.

 

Unitermos: Dor, lesão, reabilitação, estados psicológicos, trauma.

 

ABSTRACT

In high performance sports, the level of talent is not enough to obtain success. In a world where the necessity for control is imperious when facing a possible risk of lesions, transposing obstacles is a constant physical and psychological challenge for the athlete. One of the events largely responsible for the limitation of performance is pain. Mainly because it is widely accepted that pain is associated with manifestation of a lesion. While the extent of limitation that pain portrays in the overall athletic performance has not been thoroughly studied, mainly due to ethics and the difficulty to experiment on human beings, its weight in the overall performance and rehabilitation of the athlete cannot be denied. The objective of this study is to present how Brazilian Olympic medalists have lived with and overcome pain during their sports careers. The method utilized was personal vignettes obtained through interviews where specific elements were removed to make possible the analysis of this occurrence. The lesions were obstacles that could have permanently interrupted or temporarily disrupted the sports career of the athlete. After they were overcome however, the result gave a redefined significance of victory and triumph for the athlete. The results show that triumph in this context means enduring moments of great difficulty, which are supported by enormous psychological determination, and lead to final rehabilitation. The athlete plays a decisive role in the success of the treatment of lesions, however the participation of the training team, the physician, together with the athelte's family, are important representatives in the success of this process.

 

Keywords: Pain, lesion, rehabilitation, psychological states, trauma.

 

 

Endereço para correspondência:

Kátia Rubio

E-mail: katrubio@usp.br

 

http://www.dor.org.br/revistador/

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos