alergia - Rinite alérgica: aspectos epidemiológicos, diagnósticos e terapêuticos
Esta página já teve 110.881.391 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.769 acessos diários
home | entre em contato
 

alergia

Rinite alérgica: aspectos epidemiológicos, diagnósticos e terapêuticos

18/02/2009

Jornal Brasileiro de Pneumologia

 

J. bras. pneumol. vol.34 no.4 São Paulo Apr. 2008

doi: 10.1590/S1806-37132008000400008 

ARTIGO DE REVISÃO

 

Rinite alérgica: aspectos epidemiológicos, diagnósticos e terapêuticos*

 

 

Cássio da Cunha IbiapinaI; Emanuel Savio Cavalcanti SarinhoII; Paulo Augusto Moreira CamargosIII; Cláudia Ribeiro de AndradeIV; Álvaro Augusto Souza da Cruz FilhoV

IProfessor do Departamento de Pediatria. Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG – Belo Horizonte (MG) Brasil
IProfessor Adjunto da Disciplina de Pediatria. Hospital das Clínicas, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE – Recife (PE) Brasil
IIIProfessor Titular do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina, Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG – Belo Horizonte (MG) Brasil
IVProfessora do Curso de Medicina. Universidade de Alfenas/Campus Belo Horizonte, Belo Horizonte (MG) Brasil
VProfessor Adjunto. Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia – UFBA – Salvador (BA) Brasil

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Este estudo tem como objetivo revisar a literatura a respeito da rinite alérgica quanto aos aspectos epidemiológicos, clínicos, diagnósticos e terapêuticos. A revisão da bibliografia foi realizada utilizando-se as bases de dados Medline, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e HighWire, nos últimos trinta anos, utilizando-se os descritores allergic rhinitis, epidemiology, diagnosis, e treatment. Foram selecionados 60 artigos. Este estudo destaca o aumento na prevalência da rinite alérgica, sua associação com a asma, os critérios diagnósticos e seu tratamento. A classificação da rinite alérgica é apresentada, bem como as estratégias de tratamento. As modalidades terapêuticas apresentadas e discutidas são anti-histamínicos, corticóides, imunoterapia, antileucotrienos, cromoglicato dissódico e anticorpos anti-IgE, bem como a redução da exposição aos alérgenos. Finalmente, ressalta-se a importância da abordagem da rinite alérgica em saúde pública.

Descritores: Rinite/terapia; Hipersensibilidade; Epidemiologia; Diagnóstico.

 

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1806-37132008000400008&script=sci_arttext

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos