Antienvelhecimento/Longevidade - Cérebro fica mais lento após os 40
Esta página já teve 111.014.540 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.781 acessos diários
home | entre em contato
 

Antienvelhecimento/Longevidade

Cérebro fica mais lento após os 40

25/06/2003



A vida não começa aos 40, como diz o velho ditado. Pelo menos é o que afirmam cientistas, cujas descobertas dão conta de que a atividade cerebral começa a diminuir a partir dessa fase. Segundo eles, mesmo as pessoas de raciocínio mais rápido começam a sentir mudanças a partir dos 45 anos.

O grupo de psicólogos analisou habilidades rotineiras de 2.282 voluntários saudáveis, entre 18 e 87 anos, como a rapidez para se lembrar de nomes e rostos, a velocidade de reação a certas situações e a concentração em tarefas. Eles apresentaram seu trabalho durante uma conferência da Sociedade Britânica de Psicologia, em Londres.

Segundo o pesquisador chefe, Keith Wesnes, ao chegar à meia idade, nos tornamos de 10 a 15% mais lentos para executar algumas funções do que quando tínhamos 20 anos. “Já não é possível mais se concentrar como antes. Você se torna mais esquecido e pode não conseguir lembrar por quê entrou no quarto, ou demorar mais para se lembrar de um nome”, explica Wesnes.

Os resultados do estudo demonstram claramente que até meados dos quarenta anos, não há mudanças nas faculdades mentais das pessoas. Isso só ocorreu a partir dessa faixa etária, mais notadamente em relação à habilidade de se lembrar de palavras.

Mas ainda não se sabe as razões pelas quais o cérebro diminui sua velocidade com a idade. Uma teoria diz que as células cerebrais perdem, gradualmente, a capacidade de se comunicar umas com as outras via neurotransmissores. E essa falta de estímulo pode fazer com que as células se degenerem.

Fonte: Artigos, Salutia

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos