Infecto-contagiosas/Epidemias - H1N1 em Portugal
Esta página já teve 115.932.250 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.695 acessos diários
home | entre em contato
 

Infecto-contagiosas/Epidemias

H1N1 em Portugal

02/07/2009

O Ministério da Saúde confirmou a existência de mais dois casos confirmados de gripe A H1N1, o que eleva para nove o número de casos conformados. Os dois casos, um homem e uma mulher, estão internados no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e a sua situação clínica é estável.

 

"Os dois casos agora confirmados referem-se a uma mulher de 40 anos, que regressou a 21 de Junho de Palma de Maiorca e um homem de 27 anos que regressou no dia 22 do Argentina", revela o comunicado do Ministério da Saúde que acrescenta que "já foi iniciada a identificação dos contactos próximos dos dois doentes".

Nas últimas horas, estiveram seis casos em investigação dos quais três registaram resultados negativos e dois positivos. Os resultados do outro caso em investigação serão conhecidos ao final do dia de hoje.

Desde 24 de Abril, Portugal tem nove casos confirmados de infecção pelo vírus da gripe A H1N1. Para o Ministério da Saúde, "a existência de nove casos não representa uma preocupação acrescida".

"Tal não significa atenuar as medidas de prevenção já tomadas e que têm como objectivo a imediata localização e contenção dos casos", frisa a nota que acrescenta que "o Ministério da Saúde tomará as medidas previstas no Plano de Contingência que venham a revelar-se necessárias".

As autoridades de saúde "estão a monitorizar permanentemente o evoluir da situação", frisa o comunicado que sublinha que "a realidade nacional está longe de uma situação de pandemia".

No comunicado o Ministério da Saúde recorda "que perante os sintomas sugestivos de gripe, de contacto com doentes confirmados ou deslocação a áreas afectadas" se deve contactar a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) e "seguir todas as recomendações feitas pelos profissionais de saúde".

As autoridades relembram "que esta deve ser a primeira medida a tomar antes de se dirigiram ao serviço de saúde".

Para evitar a rápida infecção pelo vírus H1N1, o Ministério da Saúde recorda "a importância da lavagem frequente das mãos" a "protecção das boca e do nariz ao tossir ou espirrar, que deverá ser sempre feita com lenços de papel que não devem ser reutilizados".

 

Fonte:

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Dois-novos-casos-de-gripe-A-H1N1-em-Portugal.rtp&article=229002&visual=3&layout=10&tm=35

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~