Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica - Cuide de seus sapatos
Esta página já teve 114.086.081 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.846 acessos diários
home | entre em contato
 

Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica

Cuide de seus sapatos

10/07/2009
É muito importante que durante o uso você mantenha alguns cuidados para preservar por mais tempo seu calçado.
  1. Ao calçá-lo, use calçadeira o que irá evitar a deformação do contraforte e eventual rasgo no couro.
  2. O calçado não deve ser usado por mais de dois dias seguidos e, após o uso, deixe-o secar à sombra por um dia em lugar fresco e ventilado, evitando assim que o excesso de suor reduza a durabilidade do couro e conseqüentemente sua vida útil.
  3. Evite usá-lo sob chuva, excesso de água prejudica o couro e a conformação do sapato.
  4. Não use produtos químicos abrasivos para limpá-lo, podem provocar manchas no couro e possíveis danos ao solado.
  5. Na limpeza, use uma escova macia umedecida ou pano limpo e úmido com sabão neutro, deixando-o secar à sombra por dois dias, evitando também lugares de altas temperaturas ou de grande umidade.
  6. Após a limpeza, engraxá-lo aplicando pasta creme ou renovador adequado de boa qualidade, compatível com o tipo de couro, o que auxilia na proteção contra umidade e sol, aumentando sua durabilidade.
  7. Nunca utilize graxas líquidas ou tintas, pois estas ressecam o couro.
  8. Em caso de uso contínuo, procure engraxá-lo duas vezes por mês no mínimo.
  9. Jamais faça a "secagem forçada" do calçado, como: deixá-lo ao sol, colocá-lo no forno ou deixá-lo atrás de geladeiras, pois o calçado sofrerá danos no couro e em sua estrutura.
  10. Para a limpeza de calçados em nobuck e camurça, use instrumentos e produtos apropriados tais como escovas de bronze ou borracha, produtos de limpeza específicos que reavivam este tipo de couro. Estes artigos são tingidos de maneira especial na sua fabricação, o que pode causar descoloração do couro, na limpeza ou no uso inadequado que descaracterizam qualquer defeito de fabricação.
  11. Estrias, sinais de veia, manchas naturais e arranhões no couro refletem o histórico de vida do gado, como também atestam a originalidade e legitimidade do couro.
  12. Couros autênticos, com acabamentos lisos e brilhantes podem apresentar pequenas rachaduras em locais sujeitos a dobras constantes resultantes do uso diário.
  13. É um privilégio possuir um calçado em “couro legítimo”, pois, neste mundo globalizado o “couro natural” vem se tornando um produto caro e escasso, com o abate de animais menor que a demanda mundial pelos artigos de couro.
  14. Evite substituir o couro natural por artigos sintéticos “semelhantes somente na aparência”, pois, estes geralmente evitam a transpiração, bem como a absorção do suor, causando odores desagradáveis além de fungos, e principalmente, prejuízo a saúde de seus pés.

 

Fonte:

 

http://www.snetcommerce5.com.br/ecommerce_site/index.php?pg=conteudo&idpag=8159&cdg=1706&sid=lfj8vgt1prsui7r24qdlu6s1m1-1247196149

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos