Medicina Esportiva/Atividade Física - O que é Hidroginástica Shallow-water
Esta página já teve 115.718.122 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.704 acessos diários
home | entre em contato
 

Medicina Esportiva/Atividade Física

O que é Hidroginástica Shallow-water

01/08/2009

HIDROGINÁSTICA

O que é Hidroginástica Shallow-water (ou apenas Hidroginástica)?
   É um programa de exercícios aquáticos praticados na parte rasa da piscina, com pés apoiados no chão ou em flutuação, sendo composta de movimentos rítmicos, coreografados ou não, utilizando-se o efeito da resistência e flutuação da água com ou sem auxílio de acessórios como sobrecarga de trabalho.

Objetivos da Aula:
Ver abaixo as indicações para ambas as modalidades de Hidro

Quem Pode Praticar a Aula?
   A hidroginástica pode ser praticada por ambos os sexos, qualquer idade, por atletas, indivíduos com alguma restrição médica (ex: cardíacos, hipertensos etc ), obesos, sedentários e até mesmo gestantes. Basta entrar na água e se soltar... é refrescante, saudável e faz muiiito bem !

Contra-indicações da aula:
Ver abaixo as Contra-indicações para ambas as modalidades de Hidro
   Pessoas que tiverem hidrofobia ou que não sejam adaptadas ao meio-líquido devem, ainda assim, insistir para esta adaptação. Os aluno que não se sentirem seguros, mesmo no raso, e que não sabem nadar, podem usar um colete de flutuação para minimizar esta insegurança. Outro recurso interessante (mesmo que psicologicamente), são as meias ou sapatilhas anti-derrapantes, que podem ser encontradas em qualquer casa de esportes, para melhorar a aderência com o fundo da piscina.

Gasto Calórico:
   O Gasto calórico em uma aula de hidroginástica pode variar imensamente. Isso porque existem diversas variáveis que fazem subir ou descer o gasto calórico. O peso por exemplo é um fator a favor, pois quanto mais pesado for o corpo, maior gasto será na atividade física. Outros fatores que contribuem também são: a velocidade, amplitude e força nos exercícios. Quanto mais rápido e maiores forem os movimentos maior será a energia dispendida nos exercícios.
   Segundo pesquisa desenvolvida por Turíbio Leite de Barros, em Matéria (Queimadas com água) publicada pela Veja, Edição 1799, 23 de abril de 2003, em exercícios dentro d'água se gasta uma quantidade de calorias uma vez e meia maior que na mesma modalidade feita no solo. E sugere o seguinte exemplo: Caminhada em esteira submersa - gasta 700 calorias em uma hora em média.

Portanto, o exercício pode variar de lento à vigoroso, ficando assim para calcular:

(aula vigorosa)10 x Peso do praticante(kg) x Tempo da atividade em min./60min.
(aula lenta)4 x Peso do praticante(kg) x Tempo da atividade em min./60min

   OBS: Este valor pode subir de acordo com a vigorosidade da aula, ou seja, o valor 4 (mets) foi tomado como padrão para uma aula calistênica (local). Quanto maior a intensidade dos exercícios praticada pelo aluno, maiores serão os resultados alcançados, podendo chegar a 10 (mets), aproximadamente.

Frequência:
   A indicação para sedentários é de 2-3 vezes por semana e após 2-3 meses (de acordo com o condicionamento inicial) pode ser aumentada para 4 ou 5 vezes, embora o ideal deva ser 5 vezes por semana. Mas se o praticante já pratica outras atividades como a caminhada diária pode-se levar em conta este tempo. Exemplo: 2 hidro + 3 dias de caminhada.

Leia mais sobre Hidroginástica


DEEP-WATER
(hidroginástica em água profunda)

   A Deep-Water é uma modalidade de hidroginástica praticada com a ajuda de um colete flutuante, permitindo que se exercite em águas profundas sem que seja necessário tocar o fundo da piscina com os pés ou mergulhar a cabeça. A sensação durante a atividade é de estar voando, pois, ao deslizar pela água o praticante fica totalmente suspenso pela ajuda do colete podendo ter liberdade para exercutar os exercícios.
   Na verdade, a Deep-water veio revolucionar o mercado de atividades físicas aquáticas, por se tratar de um trabalho eficaz feito totalmente sem impacto, proporcionando ao praticante inúmeros benefícios os quais destacam-se: a melhora na flexibilidade, na correção postural, no condicionamento físico, no fortalecimento muscular geral, no emagrecimento, dentre outros .Ver abaixo as indicações para ambas as modalidades de Hidro
   Aula é constituída de alongamentos, deslocamentos, exercícios localizados e movimentos da natação. São utilizados, halteres, caneleiras, espaguetes, luvas, palmares , etc. As aulas da Profa. Diana Primo têm a duração a de 40 minutos.

Vantagens em Relação a Natação:
   Ao deslizar em posição vertical a resistência do exercício é aumentada em torno de 75% em relação a natação (executada na horizontal), além de envolver toda a musculatura corporal no trabalho evitando o estresse muscular, ou seja, são trabalhados todos os músculos do corpo respeitando as limitações dos indivíduos.

Benefícios Gerais da Deep-Water:
Frequência Cardíaca e Circulação:
    O que mais torna interessante e desafiante no treinamento em Deep-water é que a frequência cardíaca será de 10% à 15% mais baixa que na prática de exercícios fora d'água, proporcionando uma maior capacidade cardiorespiratória. Permitindo que os indivíduos se exercitem por mais tempo sem que se cansem, principalmente os cardiopatas, com os mesmos benefícios.
    Além disso, por estar em condições gravitacionais próximas de zero e sem impacto, estimula amplamente o retorno venoso dos membros inferiores, evitando e tratando problemas circulatórios como varizes, inchaços e má-circulação sanguínea.
    Mulheres grávidas sentem um alívio enorme pois em total flutuação o bebê deixa de pressionar o colo do útero permitindo uma sensação de alívio, estando livre para exercitar-se com maior segurança e prazer. Além disso, a Deep-Water permite que a frequência cardíaca da mãe seja mais baixa para a segurança do bebê e o estresse nas articulações "abertas" seja minimizado;

Força e Resistência Muscular:
   Com o treinamento da Deep-Water, o praticante é obrigado a movimentar músculos agonistas e antagonistas em diversos padrões de movimento, forçando o equilíbrio da força entre os músculos e sem o incômodo da "Dor Tardia", pois o ácido lático é removido instantaneamente durante a prática dos exercícios.
    As aulas de Deep-Water são desenvolvidas dinamicamente em sentido longitudinal e também estático, assim o aluno tem maior chance de exercitar toda a amplitude muscular em deslocamentos e exigir mais de sua musculatura. Além disso, a flutuação do colete permite uma segurança tal ao aluno, fazendo com que ele consiga desenvolver movimentos "quase impossíveis" durante as aulas, exigindo um controle e fortalecimento da musculatura como um todo.

Flexibilidade:
   Tanto na hidroginástica Shallow como no Deep-water, as forças contrárias da flutuação e gravidade fazem com que haja um afrouxamento das articulações facilitando o trabalho dos alongamentos executados na aula. As propriedades da água também têm um papel importante neste processo, pois garantem um trabalho mais lento e eficaz, sendo maravilhoso auxílio no ganho da amplitude e reabilitação muscular, muito mais efetivos, inclusive, que os executados fora d'água.

Psicológicos
   Os benefícios psicológicos são muito grandes, embora esses benefícios sejam relatados pelos alunos individualmente. O sentimento de bem-estar, o trabalho corporal, a liberação de hormônios salutares, a conscientização corporal, o resultado positivo, dentre outros, faz com que o aluno tenha na aula um momento pessoal de prazer e sucesso ! Alguns, reencontram nos colegas as velhas amizades "perdidas" e outros, uma grande oportunidade de participação em uma atividade física gostosa de ser praticada em um grupo agradável, proporcionando uma boa interação social e trabalho de auto-estima.
   Alguns alunos afirmam adquirir após a aula um relaxamento total do corpo e outras ânimo e satisfação de ter se exercitado sem aquela dor natural do esforço. Só praticando mesmo !

Reabilitação Física e Treinamento para atletas:
   Corredores profissionais conseguem melhorar seu tempo e condicionamento sem adicionar impacto; Indivíduos lesionados adquirem condicionamento e força enquanto se movimentam com segurança e menos dor;
   O trabalho de Hidroginástica, principalmente no fundo tem sido procurado pelos indivíduos com problemas para se exercitarem no solo. São geralmente os lesionados em nível muscular e articular do tipo: artrites, tendinites, artroses, pós-cirurgiados de membros, Hérnias de Disco, etc.
   Outro grupo significativo é de cardíacos. No trabalho de Deep-water conseguimos praticar exercícios de resistência com maior segurança, onde os alunos conseguem correr, saltar e conduzir seu corpo de diversas maneiras com frequência cardíaca menor, sentindo ser um trabalho mais confortável que se fizessem fora da água. Os alunos que participaram das aulas até o momento conseguem nota 10 de seus cardiologistas no equilíbrio do colesterol, pressão e glicemia, pois conseguem desenvolver na água mais esforço com menor frequência cardíaca e pressão arterial e ainda mais, sentindo-se seguros.

Qual a diferença da Deep-water e da Hidroginástica convencional?
    A Deep-water (fundo) é considerada mais eficiente e intensa que a Hidroginástica Shallow (raso). Os resultados são visivelmente melhores no condicionamento físico geral e emagrecimento. E por ser feita quase em gravidade zero, o exercício é totalmente sem impacto e mais indicado para pessoas que sofrem de problemas osteoarticulares (pós-cirurgiados de menisco, ligamentos, hérnia-de-disco, etc), obesidade excessiva e problemas cardiovasculares (existe um menor esforço do coração favorecido pela pressão hidrostática), que a convencional.

Contra-indicação da Deep-Water:
   Não é aconselhável a participação provisória de pessoas com hidrofobia ou que não sejam adaptadas ao meio-líquido nas aulas de Deep-Water. É necessário que o aluno inicie o trabalho na Hidroginástica Shallow(pé no chão), e uma vez adaptadas são encaminhadas para a Deep-water.
Obs: Veja abaixo o complemento das contra-indicações da Hidro para ambas as modalidades.

Gasto Calórico:
   Para calcular o gasto da atividade durante uma aula, faça a operação abaixo:
   (vigorosa)10 x Peso do praticante(kg) x Tempo da atividade em min./60min.
   (lenta)4 x Peso do praticante(kg) x Tempo da atividade em min./60min

Obs: a intensidade depende da capacidade do aluno, quanto mais treinado o indivíduo, maior o gasto.

Frequência:

   A indicação para sedentários é de 2-3 vezes por semana e após 2-3 meses (de acordo com o condicionamento inicial) pode ser aumentada para 4 ou 5 vezes, embora o ideal deva ser 5 vezes por semana. Mas se o praticante já pratica outras atividades como a caminhada diária pode-se levar em conta este tempo. Exemplo: 2 hidro + 3 dias de caminhada.

As aulas de Hidroginástica e Deep-water podem variar diariamente segundo objetivo:
Aerohidro, Hidro-local, Hidro-tubomania, Hidro-mix, Hidro-kickboxe, Hidro-Gap, Hidro-interval, Deep-local, Deep-triathlon, Deep-abdominal, Deep-spinning, Deep-gap, Aqualong, etc...

Leia mais sobre Deep-water

INDICAÇÃO MÉDICA PARA AMBAS AS MODALIDADES

Gravidez (melhora edema, varizes, condicionamento, controla obesidade excessiva, flexibilidade, depressão, etc);
Fibromialgia;
Contraturas musculares;
Alterações posturais;
Limitações de amplitude de movimento;
Lesões articulares e musculares;
Problemas de coluna em geral (inclusive Hérnia);
Fraturas, entorses e traumas articulares;
Reabilitação de membros em geral;
Doenças cardiovasculares (quando indicado pelo médico);
Obesidade;
Reumatismo
Problemas Geriátricos do tipo:
- Artrose;
- Artrite;
- Fraqueza muscular;
- Dores incapacitantes;
- Alterações cardiorespiratórios e de pressão arterial;
- Dificuldade no controle motor;
- Desordens de equilíbrio;
- Alterações vasomotoras;
- Alterações da marcha;
- Entre outras...

    Ainda, outras doenças podem ser citadas, as quais somando-se medicamentos à prática da Hidroginástica, pode aliviar dores e sintomas, permitindo um melhoramento do estado físico e condicionamento geral do praticante. Mas, devem ter total indicação e acompanhamento médico:
- Hipotiroidismo;
- Aids;
- Doença de Parkinson (facilita a reabilitação de membros)
- Câncer;
- Osteoporose;
- Diabete (praticantes devem ter um perfeito
controle da dieta e dosagem de insulina com gasto de glicose no exercício);

Obs: indicada para ambos os sexos e para qualquer idade.

CONTRA-INDICAÇÃO DA HIDROGINÁSTICA

Infecções cutâneas,
Alterações renais ou esfincterianas,
Cardiopatias agudas,
Sensibilidade comprovada ao cloro,
Hiper ou Hipotensão sem controle,
Febre,
Úlceras,
Labirintite aguda.

BENEFÍCIOS DA HIDROGINÁSTICA

Emagrece;
Melhora o Condicionamento Físico Geral;
Melhora a Força e Postura;
Melhora a Flexibilidade;
Reduz o Colesterol;
Equilibra a Pressão Arterial;
Combate o Estresse;
Melhora a Depressão,
Melhora a sociabilidade;
Rejuvenesce o corpo;
Aumenta a capacidade respiratória;
Estimula a digestão, a circulação, o sistema imunológico e alivia dores pós e pré-operatórias e após traumas músculo-esqueléticos;
Age sobre a pele e os músculos, acalma os pulmões, coração, estômago e sistema endócrino estimulando os reflexos nervosos na espinha dorsal.

Vantagens da reabilitação de lesões esportivas na Hidroginástica
Iniciar o tratamento precocemente;
Menor tempo de recuperação;
Menos dores e dificuldades de movimentação;
Peso corporal diminuído, causa menos estresse articular possibilitando; recuperação da marcha rápida e precoce;
Equilíbrio e confiança são mais facilmente adquiridos ;
Diminui o derrame articular ;
A volta as atividades diárias e ao esporte é mais rápida.

 

Fonte:

 

http://www.cdof.com.br/circulo3.htm

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~