Infecto-contagiosas/Epidemias - Tendência da mortalidade relacionada à varicela no Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2004: estudo usando causas múltiplas de morte
Esta página já teve 113.997.287 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.859 acessos diários
home | entre em contato
 

Infecto-contagiosas/Epidemias

Tendência da mortalidade relacionada à varicela no Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2004: estudo usando causas múltiplas de morte

04/09/2009

Revista Panamericana de Salud Pública

 

Rev Panam Salud Publica vol.22 no.2 Washington Aug. 2007

doi: 10.1590/S1020-49892007000700008 

INVESTIGACIÓN ORIGINAL ORIGINAL RESEARCH

 

 

Chickenpox-related mortality trends in the state of São Paulo, Brazil, 1985–2004: a multiple cause approach

 

 

Augusto Hasiak Santo*

Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, Departamento de Epidemiologia

 

 


RESUMO

OBJETIVO: Estudar a tendência da mortalidade relacionada à varicela tanto como causa básica quanto como causa associada de morte (informada em qualquer linha ou parte do atestado médico da declaração de óbito).
MÉTODOS: Os dados provieram dos bancos de causas múltiplas de morte da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados de São Paulo (SEADE) entre 1985 e 2004. As causas de morte foram processadas pelo Tabulador de Causas Múltiplas.
RESULTADOS: Nesse período de 20 anos, ocorreram 1 037 óbitos em que a varicela foi identificada como causa básica e 150 nos quais foi causa associada. Os coeficientes de mortalidade pela causa básica foram superiores e declinaram, ao passo que a mortalidade por varicela como causa associada apresentou um pequeno aumento. Setenta e seis por cento das mortes ocorreram em menores de 10 anos de idade, especialmente nos menores de 1 ano. Ocorreu concentração de mortes entre os meses de julho e janeiro (86,8% do total de 1 187 óbitos), com valores máximos em outubro. Os coeficientes de mortalidade da capital para a varicela como causa básica e associada foram, respectivamente, 47,1 e 50,0% maiores do que os do interior do Estado. Para a varicela como causa básica, as pneumonias e septicemias foram as principais causas associadas, ao passo que para a varicela como causa associada, a AIDS e as neoplasias foram as principais causas básicas de morte.
CONCLUSÕES: Em que pese o declínio da varicela como causa básica de morte, este estudo permitiu evidenciar o impacto da mortalidade relacionada à varicela em grupos de risco específicos, entre os quais as crianças entre 1 e 4 anos e os indivíduos com AIDS e neoplasias.

Palavras-chave: Causas múltiplas de morte, varicela, varicela/mortalidade, mortalidade na infância, AIDS, neoplasia, Brasil.


ABSTRACT

OBJECTIVE: To study mortality trends related to chickenpox, as either the underlying or associated cause-of-death (recorded in any field of the medical section of the death certificate), in São Paulo, Brazil.
METHODS: Mortality data for 1985–2004 were obtained from the multiple cause-of-death database maintained by the São Paulo State Data Analysis System (SEADE). Causes-of-death were processed using the Multiple-Causes-of-Death Tabulator.
RESULTS: During this 20-year period, chickenpox was identified as the underlying cause-of-death in 1 037 deaths and an associated cause in 150. The mortality coefficients were higher for chickenpox as the underlying, as opposed to the associated cause, and these declined in the analyzed period; whereas a slight increase was observed in mortality due to chickenpox as an associated cause. Seventy-six percent of the deaths were of children under 10 years of age, with the highest incidence among those under 1 year. Most deaths occurred from July to January (86.8% of 1 187 deaths), with a peak in October. In the state's capital city, the mortality coefficients for chickenpox as underlying cause and as associated cause were 47% and 50% higher, respectively, than in the rest of the state. Where chickenpox was identified as the underlying cause, pneumonias and septicemias were the major associated causes; where it was the associated cause, AIDS or neoplasia were most often the underlying cause.
CONCLUSIONS: Although chickenpox as the underlying cause-of-death has declined, the present study indicates that certain groups are at risk of chickenpox-related mortality, namely children 1–4 years of age and individuals with AIDS or neoplasia.

Key words: Cause of death, chickenpox, child mortality, AIDS-related opportunistic infection, neoplasms, Brazil.

 

http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892007000700008

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos