Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica - Cuidados e proteção para móveis em madeira
Esta página já teve 114.575.617 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.789 acessos diários
home | entre em contato
 

Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica

Cuidados e proteção para móveis em madeira

07/01/2010

CONSERVAÇÃO E PROTEÇÃO

Em móvel escuro use óleo de peroba, que hidratará a madeira,
deixando-a brilhosa com uma película protetora.
Não use óleo de peroba em madeira clara e porosa, com a absorção
poderá tingir e manchar. Se a tonalidade do móvel é intermediária entre o claro e escuro, use cera de abelha para tapar o furo.

Móvel para áreas úmidas, como cozinha e banheiro, é aconselhável que tenham acabamento brilhoso, para facilitar a limpeza e não absorver a água.
Móvel exposto ao sol, use cera para carro com filtro solar.

Para conservar a madeira, passe cera incolor pastosa com silicone, a
cada 15 dias. Deste modo, a cera formará uma película protetora.

FUNGOS, BROCAS E CUPINS

Prevenir é o remédio, para isso as madeiras novas devem ser protegidas com um dos vários produtos específicos existentes no mercado.
Deve ser aplicados em toda a madeira ou conjunto de madeiras (cadeiras, camas, mesas, etc.) conforme indicação do fabricante.
Aplicação normalmente feita com pincel, em todos os lados do objeto.
Trabalhe numa área ventilada, longe de crianças e animais domésticos, proteja os olhos, as mãos e vias respiratórias, estes produtos são muito tóxicos. Prestar muita atenção ás recomendações dos fabricantes.

Fungos - os ataques de fungos, que causam o apodrecimento da madeira, são o resultado da permanência no sol ou na chuva. Ficar ao
tempo é o principal fator para o aparecimento de grandes quantidades de fungos. Alta umidade e calor também colaboram. Além do empenamento das madeiras pelas constantes mudanças climáticas. A melhor solução para madeiras expostas são os vernizes, fáceis de aplicar com pincel, isolam e protegem a madeira do tempo, com grande elasticidade acompanham a dilatação retração da madeira. A manutenção também é extremamente fácil, uma vez que se aplica uma nova camada em cima da anterior. Os vernizes em geral já contém inseticidas e fungicidas.

Brocas - podem atacar todo o tipo de objeto em madeira e papel, fazendo verdadeiras avenidas no interior de moveis ou livros. A indicação que o lugar esta tomado pelas brocas, é o aparecimento de quantidades de "areia" e "poeira"(de madeira) junto ao objeto infestado.

Cupins -
Na madeira seca - O cupim se instala em seu interior e uma das poucas maneiras de saber que ele esta lá é pelo aparecimento de camada de pó de madeira (parecido com areia) no chão embaixo do local da infestação. Qualquer objeto pode estar infestado pelos cupins, portas, rodapés, móveis, forros, etc.

Na madeira úmida ou molhada (enterrada) - O cupim é mais difícil de ser descoberto, pois tanto podem ter seu ninho feito "com terra" acima como abaixo do piso, mas uma maneira eficaz é verificar se existem sinais de terra fresca, em armários de áreas úmidas como na cozinha, banheiro, área de serviço, caixas de interruptores ou tomadas, rodapés, etc.
Se for descoberta uma infestação, e a injeção do produto não for possível no local, é melhor se aconselhar com um profissional da área.

Nos casos mais graves de "infestação" deve-se injetar o inseticida nos próprios orifícios abertos pelos insetos até ficarem saturados ou fazer vários furos com uma broca bem fininha e injetar o produto adequado, com a ajuda de uma seringa comum. Pode-se também mergulhar por um ou dois minutos (ver indicação do fabricante) a madeira no produto.Depois
espere secar bem. Para a aplicação destes produtos a madeira deve estar limpa, seca e livre de qualquer tipo de acabamento. Depois de dez dias, se a infestação continuar repita a operação.

LIMPAR AS FERRAGENS DE MÓVEIS

Se possível o melhor é desmontar as dobradiças, enfeites, puxadores, etc., de metal que enfeitam o móvel.

1) Tirar toda a poeira das ferragem com uma escova e pano úmido.
2) Colocar delicadamente uma camada de cera incolor em toda a volta da ferragem a ser tratada, para proteger a madeira do móvel.
3) Limpar as ferragens com um pano molhado com querosene, sem
derramar na madeira e sem deixar que este pano se arraste pelas partes enceradas o que levaria a retirar a cera e desproteger a madeira.
4) Se ainda assim ficar algum ferrugem, pode também passar qualquer produto contra ferrugem que se encontre no mercado.

5) Esfregar com Bombril, até ficar completamente limpo.
6) Limpar com pano umedecido em querosene, novamente com um pano umedecido em água e sabão neutro.
7) Esfregar com uma flanela até ficar com o brilho desejado.

TINTURAS PARA MADEIRA

Por vezes se torna uma escolha difícil devido à grande variedade de tinturas para madeira existentes no mercado, vamos diferenciá-las:

A) Tinturas à base de água são muito resistentes a luz.
B) Tinturas à base de álcool, são mais fáceis de aplicar, mais difíceis de manchar, e se expandem de forma uniforme.
C) Tinturas à base de cera, que como o nome indica também deixam o móvel encerado
D) Tinturas à base de verniz, que colorem a madeira e a isolam da umidade, porém estas são mais difíceis de remover. Por isto é bom fazer um teste num canto do móvel que não seja visível, e esperar secar para ver como fica.
Você pode recriar tons de coloração misturando cores (de um mesmo tipo: verniz com verniz- cera com cera etc.).

APLICAR TINTURA

Antes de tingir uma peça esta tem de estar na madeira nua (raspada), limpa e sem nenhuma poeira.

1) Depois de fazer a escolha da cor faça um teste num canto do móvel que não seja visível, e esperar secar para ver como fica.
2) Aplicar a tintura com um pincel plano, no sentido dos veios da madeira sem variações, de maneira bem uniforme. Não aplique camadas grossas de tintura, pois não irá secar como deve, ou aparecerão bolhas de ar, estragando com seu trabalho.
3) Deixar secar. Se quiser a cor um pouco mais escura, é só repetir o processo.
4) Depois de bem seco, lixar com uma lixa para madeira bem fina (200) para retirar qualquer alteração provocada pela primeira tintura e sempre na direção dos veios da madeira.
5) Aplicar mais uma camada ou duas de tintura

QUANDO APLICAR A COLA VINÍLICA

A cola mais usada para colar um objeto de madeira que fica dentro de casa, abrigado da umidade, é a cola vinílica. Ele é de cor branca mas fica transparente depois de secar.

QUANDO APLICAR A COLA DE POLIURETANO

Para um objeto que fique ao tempo é mais indicada a cola a base de Poliuretano.

TIRAR MANCHA DE CAFÉ

Madeira encerada: um pano molhado com água oxigenada 10 volumes sobre a mancha.

TIRAR MANCHA DE TINTA DE PINTURA

Qualquer que seja a madeira, a terebentina conseguirá retirar a mancha, a menos que a pintura já seja muito antiga.

TIRAR MANCHA DE ÁGUA

Derreta cera branca com algumas gotas de óleo de linhaça e passe esta mistura sobre a mancha. Esfregue com energia. Móvel envernizado: se um copo ou outro objeto deixou uma mancha sobre um móvel e não quer sair, esfregue suavemente o local com um pano suave embebido em óleo de oliveira (azeite) e depois lustre com uma flanela.

COMO FABRICAR PASTA DE MADEIRA

Veja onde aplicar esta pasta de madeira, nos exemplos abaixo.

Às vezes não encontramos no mercado esta pasta de madeira pronta, no entanto é muito fácil de fazê-la. Basta misturar serragem de madeira com cola branca. Para ficar perfeito seria ideal ter serragem dessa mesma madeira que será consertada. Dependendo da aparência da madeira, pode-se usar a serragem vinda do corte do serrote, ou a serragem vinda da lixação (muito mais fina).

a) Misturar a cola e a serragem, fazendo uma massa bem densa (tipo manteiga) e utilizá-la rapidamente, antes do sua secagem.

b) Depois de bem seca, podemos então usar uma das tinturas para madeira.

PARA RETIRAR CERA

Se pretendemos pintar, envernizar ou fazer pátina num móvel já encerado, temos de começar por tirar toda a cera, aqui estão algumas idéias que funcionam:

1) Lavar com água morna com um pouco de água sanitária, depois lavar bem com água pura.
2) Eliminar a cera usando terebentina.
3) Lavar com querosene, depois com água e sabão.

PARA RETIRAR PINTURA

Para pintar um móvel que já foi pintado há muito tempo, é necessário retirar a tinta antiga para se ter uma pintura de qualidade e duradoura.

1) Lavar o móvel com água e sabão;
2) Preparar uma mistura de água e potássio: dois a três copos por litro de água quente;
3) Espalhar abundantemente a mistura no móvel e deixar agir por algumas horas;
4) Raspar com palha de aço ou espátula de pintor;
5) Lavar muito bem somente com água limpa. Podemos usar também soda caustica diluída em água. Não esquecer de se proteger com luvas, avental, óculos etc.

PARA CLAREAR MÓVEIS

Muitas madeiras escurecem depois de serem lavadas ou raspadas. Muitos produtos podem ser usados para clarear, ainda com a madeira úmida da lavagem: água oxigenada de 120 volumes ou clareadores vendidos no comércio.

NÓS

Alguns nós da madeira continuam deixando correr resina.
A solução é retirada do nó e no seu lugar colar uma peça redonda feita da mesma madeira.

RACHADURA

Colocar cola branca no local depois enfiar uma cunha feita da mesma madeira e no formato da rachadura, apertar bem no sentido horizontal. Esperar secar cortar o excesso e lixar qualquer diferença.

PEQUENAS FENDAS

1) A primeira coisa a fazer é escolher uma "pasta de madeira" de cor próxima à do móvel;
2) Limpar o local do buraco ou rachadura;
3) Aplicar a pasta com uma espátula forçando a massa para dentro da reentrância;
4) Deixar secar conforme as normas do fabricante;
5) Lixar com lixa fina de madeira, as sobras da massa até regularizar bem a superfície.


GRANDES FENDAS NA MADEIRA

Para colocar uma cunha de madeira em outra madeira seca ou rachada e não correr o risco de rachar ainda mais, faça o seguinte: coloque a cunha (pedaço) em água fervendo e ainda quente embutir na outra madeira.

RISCOS E ARRANHÕES

A madeira quanto mais macia, mais marcada pode ficar com um golpe de uma cadeira ou a queda de um objeto mais duro sobre ela. Para retirar uma marca quanto mais rápida for a ação mais chances teremos de sucesso. Comece por retirar o polimento ou verniz do lugar onde foi feita a marca.
Faça uma boneca ( prepare uma bola pequena de algodão ou pano coloque dentro de um pano macio e torça podendo mesmo dar um nó para que fique firme e fácil de manipular) .
Prepare com cuidado um recipiente com água fervendo. Molhe a boneca nesta água e aplique encima da marca, tenha cuidado para que não escorra encima de outros lugares, poderá manchar uma parte do móvel que esta perfeita. Não deixe a água esfriar, é muito importante que esteja todo o tempo "fervendo", vá aplicando até que a marca tenha desaparecido. Deixe secar espontaneamente (pelo menos 12 horas), depois de bem seco passe uma lixa fina para conseguir o nivelamento da região afetada com o resto da madeira em volta. De acabamento.

COMPENSADO OU FÓRMICA DESCOLANDO

Se descolou uma parte, levante com cuidado para não quebrar.
Tente retirar toda a cola já existente no local descolado, pode raspar com uma faca afiada, espátula ou usar água bem quente para amolecer a cola.
Depois de secar ou limpar o local passe cola PVA nas partes a serem coladas novamente, junte a mantenha a pressão com grampos ou outro meio (um peso, etc.) e espere secar por 24 horas, num ambiente seco.

MÓVEL QUEIMADO

QUEIMADURA PEQUENA

1) Raspar muito bem toda madeira queimada, com uma faca, lixa, etc;
2) Pintar a parte raspada com uma tintura igual à do móvel.
3) Depois de seco encher a cavidade com cola epóxi transparente, e pós sua secagem, lixar com muito cuidado, com uma lixa fina, retirando qualquer diferença que transpareça na cola.

QUEIMADURA GRANDE

1) Retirar todo o carvão ( a parte preta queimada ), com espátula, lixa, por raspagem, etc;
2) Voltar a encher a parte que foi retirada com pasta de madeira;
3) Esperar secar perfeitamente e lixar com lixa fina qualquer saliência provocada pela sobra da pasta de madeira;
4) Tingir o local com a tintura igual ao resto do móvel e se for necessário lixar e retingir.

ARMÁRIOS COM MOFO E MANCHAS

Evite o mofo com pedaços de giz colocados dentro de saquinhos de pano e distribuídos dentro do móvel.
Para retirar o cheiro e manchas, ferver um litro de vinagre e despejar em uma vasilha sem tampa, colocando-a dentro do guarda-roupas com as portas fechadas por até 3 horas. Após retirar a vasilha, passe um pano molhado no vinagre por dentro e por fora do móvel. Deixe-o aberto por várias horas para que seque bem.
Para as manchas, lave-as com uma solução de água e água sanitária, na proporção 1:1. Depois retire a solução com água limpa e deixe secar.

DAR BRILHO AO ENVERNIZADO

Para dar brilho a um objeto cujo verniz está opaco, basta fazer uma mistura em partes iguais de terebentina e óleo de peroba. Depois com um pano macio molhado com esta mistura, esfregar bem a superfície do objeto




Qualquer utilização destas dicas são de inteira responsabilidade do seu executor

 

Fonte:

 

http://www.brasilcomercial.com/loja.php?id=13753&page=1150210100

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos