Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica - Mais dicas de economia doméstica
Esta página já teve 114.577.444 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.790 acessos diários
home | entre em contato
 

Dicas de quase tudo da Dra. Shirley / dica

Mais dicas de economia doméstica

09/03/2010

ENERGIA
·         Aproveite o verão. Nada de banho quente.
·         Abra as janelas, de dia e de noite. Ventilação e iluminação natural são tudo de bom
·         Economize água. Assim o sistema de bombeamento da sua casa e do abastecimento dela acionarão menos as bombas.
·         Evite o uso do ventilador e do ar condicionado nas horas mais frescas do dia.
·         Mude a sua rotina. Durma mais cedo e acorde mais cedo. Faça a maior parte do trabalho ou estudo durante o dia. Assim, você economizará até 40% da energia elétrica diária necessária às suas necessidades e ainda é ótimo para a saúde.
ÁGUA
·         A água potável já está escassa no mundo. O seu uso indiscriminado para serviços banais como lavar calçadas e carros está acabando vertiginosamente com este recurso. Em contra-partida, cada um de nós obrigatoriamente devemos economizar cada gota para prorrogar o colapso.
·         Junte os pratos para poder lavar e ensaboe-os e enxágüe-os de uma vez. Esta simples dica economiza até 50% da água destinada a esta função.
·         Não tome banhos demorados. Feche o chuveiro enquanto se ensaboa ou passa xampu, o que já é suficientemente saudável. Ensaboar-se mais de uma vez é prejudicial à pele, pois mata as bactérias que produzem enzimas que nos protegem dos micro-organismos do meio- ambiente.
·         A água do abastecimento da cidade é boa para o consumo humano. Se até poucos anos atrás você a bebia, por que aderir à moda das águas minerais? Se quer sentir-se mais seguro, compre um bom filtro de água. É bom para a sua família e ótimo para o meio-ambiente. A água mineral pode ter menos procedência que a da sua torneira, além de contribuir para o escasseamento dos rios subterrâneos, processo irreversível.
COMPRAS
·         Provavelmente você já viu esta frase: “Não faça vá ao supermercado com a barriga vazia”. Parece brincadeira, mas ir ao supermercado despreparado física ou psicologicamente é ir para a guerra de sunga. Há um verdadeiro bombardeio para estimular o cliente a comprar toda a sorte de produtos. Você vai comprar açúcar e sai de lá com dez itens da promoção do dia, um consórcio, um novo cartão de crédito, uma cesta de natal e ainda joga na loteria. Divide as compras em tantas vezes, com juros “baixíssimos” e fica individado para resto do ano e para o ano que vem.
·         Faça a sua lista de necessidades. Coloque nela o que realmente precisa para o seu abastecimento, semanal ou mensal, e siga-a quase ao pé da letra. Compre em horários diferentes itens diferentes, não misture alimentação com vestuário. Psicologicamente a evolução do cérebro humano ainda liga toda necessidade à alimentação e ao sexo. Se você misturar, com certeza irá gastar mais do que deve ou do que pode.
·         Pesquise. Calcule. Se estão chamando muita atenção para uma promoção, provavelmente é uma armadilha. Ou o produto está saindo da validade ou compraram além do que não deviam, não teve aceitação de outro mercado ou nos valores tem alguma pegadinha.
·         Evite o conforto da caixinha. Prefira as embalagens maiores. Geralmente estas têm que ser obrigatoriamente mais baratas. Mas calcule sempre antes de pegar. Não tenha vergonha de levar uma calculadora.
·         Procure produtos com boa procedência e aparência. Marcas consolidadas podem significar produtos de maiordurabilidade.
·         Evite ir ao mercadinho da esquina. Lá os produtos são de terceira linha, mais caros e pior acondicionados. Faça a sua lista de compras e prefira os grandes supermercados e anote os preços dos produtos.
·         Mantenha numa listagem uma pesquisa de preços de diversos produtos mais comuns à sua casa e leve-a sempre que for comprar a feira
·         Não aceite nenhuma imposição do vendedor, do tipo: “estou sem troco, quer levar mais isto aqui para completar?”, ou então: “Não quer parcelar em tantas vezes?”. Só faça o que lhe for conveniente. Um parcelamento com valores baixos pode lhe tirar a perspectiva da dívida total. E é isto que eles querem.
·         Procure comprar nos especialistas: alimentos, produtos de limpeza e bebidas em grandes supermercados, roupas e sapatos em lojas de vestuário, eletrodomésticos e móveis em suas respectivas lojas.
·         Vá ao shopping para se divertir ou para comprar. Um dos dois. Nunca faça compras em dia de cinema ou diversão. No shopping tem todas as facilidades, mas fora dali tem várias outras lojas especializadas. Não compre sem pesquisar. O conforto que lhe oferecem talvez não valha a pena.

 

Fonte:

 

 

http://pt.shvoong.com/humanities/1726383-dicas-economia-dom%C3%A9stica/

 

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos