Vacina/Vacinação - Especialista tranquiliza população sobre reações da vacina H1N1
Esta página já teve 113.883.794 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.872 acessos diários
home | entre em contato
 

Vacina/Vacinação

Especialista tranquiliza população sobre reações da vacina H1N1

24/03/2010

H1N1: especialista tranquiliza população sobre reações da vacina

 

24.03.2010

Segundo médica, reações são consideradas normais e até agora não ocorreu efeito adverso grave nas 65 milhões de pessoas que foram imunizadas no mundo

Os grupos prioritários que estão sendo vacinados contra a Síndrome Respiratória Aguda Grave (gripe A H1N1) devem ficar tranquilos em relação aos efeitos surgidos após a aplicação da dosagem. A afirmação é da médica pediatra e superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Sandra Canuto.

Segundo ela, as reações são consideradas normais e até agora não ocorreu efeito adverso grave nas 65 milhões de pessoas que foram imunizadas no mundo. “Após a vacinação, há casos em que ocorre febre e uma moleza no corpo, que dura em média 48 horas. Se a febre persistir após esse prazo, o ideal é procurar um médico, que tomará as medidas cabíveis”, explicou.

Alagoas iniciou na última segunda-feira (22) mais uma etapa de vacinação contra a Influenza A H1N1, que se estende até o dia 2 de abril. Desta vez, a vacinação será destinada às gestantes, doentes crônicos e crianças de 6 meses a 2 anos. Para esta etapa de imunização foram disponibilizadas 413 mil doses da vacina.

A meta neste segundo momento é vacinar 380 mil pessoas. A logística foi a mesma da primeira etapa, ou seja, as doses das vacinas e seringas foram distribuídas para as Centrais Regionais de Armazenagem e Distribuição de Imunobiológico (Creadis).

Calendário – A terceira etapa da vacinação será realizada de 5 a 23 de abril e é destinada aos jovens de 20 a 29 anos. De 24 de abril a 7 de maio, idosos (mais de 60 anos) com doenças crônicas receberão doses da vacina. A imunização da faixa etária entre 30 e 39 anos deverá ocorrer de 10 a 21 de maio.

Locais de vacinação:

1º Distrito Sanitário: 2º Centro de Saúde (Praça da Maravilha).

2º Distrito Sanitário: 1º Centro de Saúde (Levada) e Unidade de Saúde Roland Simon (Vergel).

3º Distrito Sanitário: Unidade de Saúde São Vicente de Paulo (Pinheiro) e Unidade de Saúde da Pitanguinha (Pitanguinha).

4º Distrito Sanitário: PAM Bebedouro (Bebedouro) e Unidade de Saúde Geraldo Melo (Bom Parto).

5º Distrito Sanitário: Unidade de Saúde João Paulo II (Jacintinho), Unidade de Saúde José Tenório (Serraria) e Unidade de Saúde Paulo Leal (Feitosa).

6º Distrito Sanitário: Unidade de Saúde Hamilton Falcão (Benedito Bentes 1), Unidade de Saúde Aliomar Lins (Passaredo/Benedito Bentes 2) e Unidade de Saúde Arthur Ramos (Henrique Equelman).

7º Distrito Sanitário: Unidade de Saúde Tereza Barbosa (Eustáquio Gomes de Melo 1), Unidade de Saúde Ib Gatto (Tabuleiro do Martins), Unidade de Saúde Djalma Loureiro (Clima Bom), Unidade de Saúde Graciliano Ramos (Conjunto Graciliano Ramos), Unidade de Saúde Pimentel Amorim (Salvador Lyra) e Unidade de Saúde João Macário (antigo Sônia Born, no Santos Dumont).

Fonte: Gazeta Web

 

Fonte:

 

http://www.calendariodevacinas.com.br/h1n1-especialista-tranquiliza-populacao-sobre-reacoes-da-vacina/

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos