Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca - A Fisiologia do Sistema Cardiovascular: o gênero feminino importa?
Esta página já teve 113.894.724 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.868 acessos diários
home | entre em contato
 

Cardiologia/Coração/CirurgCardíaca

A Fisiologia do Sistema Cardiovascular: o gênero feminino importa?

04/05/2010

Autor: Paola Emanuela Poggio Smanio

A despeito do declínio da mortalidade registrado nas últimas décadas, a doença cardiovascular continua sendo a principal causa de morbidade e mortalidade no Brasil e no mundo. No entanto, no sexo feminino, a redução de eventos decorrente dos recentes avanços na cardiologia não foi tão significativa como a observada no sexo masculino. Comparativamente aos homens, a doença vascular apresenta-se de forma diferente nas mulheres, e o que funciona para o manuseio clínico masculino pode não funcionar nas mulheres. É preciso conhecer melhor as diferenças de fisiopatologia, diagnóstico e estratificação de risco entre os gêneros para que se possa atuar de forma precoce e efetiva, evitando as consequências da doença cardiovascular nas mulheres. Neste artigo pretendeu-se pontuar as diferenças relacionadas ao gênero quanto a estrutura vascular, função vascular, inflamação, características da placa aterosclerótica, manifestação dos sintomas e papel dos hormônios femininos na doença cardiovascular.

Descritores: Mulheres. Fisiopatologia. Doença das coronárias.

Cardiovascular physiopathology: is gender important?

Despite a dramatic decline in mortality over the past three decades, coronary heart disease is the leading cause of death and morbidity in Brazil and worldwide. However, recent advances in the field of cardiovascular medicine have not led to significant declines in event rates for women when compared to those observed for men. Women have different vascular disease than men, and clinical treatment that works for men may not work for women. We need to better understand the differences on the physiopathology, diagnosis, and risk stratification between genders so that we can take early and effective actions, thus avoiding the consequences of cardiovascular disease in women. In this paper we tried to establish gender-related differences as to the vascular structure, vascular function, inflammation, atherosclerotic plaque characteristics, manifestation of symptoms and the role of female hormones in cardiovascular disease.

Key words: Women. Physiopathology. Coronary disease.

 

Fonte:

 

http://www.socesp.org.br/

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos