Infecto-contagiosas/Epidemias - A dexametasona reduz em 10% taxa de mortalidade por meningite bacteriana
Esta página já teve 110.990.336 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.775 acessos diários
home | entre em contato
 

Infecto-contagiosas/Epidemias

A dexametasona reduz em 10% taxa de mortalidade por meningite bacteriana

30/11/2010


Um tratamento intravenoso com o anti-inflamatório dexametasona pode reduzir o risco de morte por meningite bacteriana, aponta um estudo publicado na revista Neurology, avança o Portal da Saúde do ALERT Life Sciences Computing.

"O uso deste tratamento em pessoas infectadas com meningite está sob debate, porque alguns estudos de grande escala mostraram que o tratamento era ineficaz", explicou, em comunicado de imprensa, o autor do estudo Diederik van de Beek, da Universidade de Amesterdão, Holanda. Contudo, o especialista sublinhou que os resultados do seu trabalho fornecem provas valiosas, sugerindo que a dexametasona é eficaz em casos de adultos com meningite bacteriana e deve continuar a ser usada.

Neste estudo, a equipa avaliou dados de 357 pessoas com mais de 16 anos que sofreram meningite pneumocócica entre 2006 e 2009. Destes doentes, 84 % receberam dexametasona por via intravenosa, antes de iniciaram a terapêutica com antibióticos. Estes dados foram depois comparados com um estudo anterior, realizado com 352 indivíduos tratados para a mesma doença entre 1998 e 2002, antes de a dexametasona ser administrada por rotina na meningite. Nesse estudo, apenas 3% das pessoas receberam dexametasona.

Os resultados mostram que o grupo de doentes que recebeu o anti-inflamatório apresentava uma taxa de mortalidade e de perda auditiva 10% mais baixa. Actualmente, as linhas de orientação norte-americanas recomendam a administração de dexametasona nos casos suspeitos de meningite bacteriana. Estima-se que cerca de 25 a 30% das pessoas morrem da doença.

 

Fonte:

 

http://www.rcmpharma.com/news/10826/15/Dexametasona-reduz-em-10-taxa-de-mortalidade-por-meningite-bacteriana.html

 

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos