Minerais - Metade das crianças portuguesas apresentam níveis de iodo abaixo do recomendado
Esta página já teve 117.105.026 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.652 acessos diários
home | entre em contato
 

Minerais

Metade das crianças portuguesas apresentam níveis de iodo abaixo do recomendado

27/01/2011

Quase metade das crianças portuguesas com níveis de iodo abaixo do recomendado


Quase metade das crianças portuguesas apresentam níveis de iodo abaixo do recomendado, o que pode levar a que desenvolvam hipotiroidismo ou bócio, de acordo com um estudo a que a agência Lusa teve acesso.

Segundo o “Estudo do Aporto do Iodo em Portugal”, 46,9% da população infantil portuguesa apresenta níveis de iodo abaixo do recomendado.

Destas, 35,1% apresentam uma carência ligeira, 11,8% uma carência moderada e 2,2% uma carência grave.

Em comparação com dados dos anos 1980, estes resultados revelam “uma franca melhoria”.

O iodo é um elemento que existe em pouca quantidade na natureza e que o organismo necessita para produzir as hormonas da tiróide, pelo que a sua quantidade na alimentação condiciona o funcionamento e as doenças relacionadas com aquela glândula.

As necessidades em iodo aumentam desde o nascimento até à adolescência, mantendo-se depois constantes no adulto, excepto na gravidez e na amamentação, em que a necessidade é maior. A sua deficiente ingestão pode levar à diminuição da produção das hormonas tiroideias (hipotiroidismo) e ao aumento do tamanho da tiróide (bócio).

O estudo sobre carência de iodo foi iniciado há três anos pelo Grupo de Estudos da Tiróide da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo e envolveu duas populações: grávidas e crianças em idade escolar.

 

Fonte:

 

http://www.rcmpharma.com/news/11663/15/Quase-metade-das-criancas-portuguesas-com-niveis-de-iodo-abaixo-do-recomendado.html

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos