alergia - Estudo aponta principais alérgenos que pioram os sintomas da rinite alérgica
Esta página já teve 116.480.542 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.687 acessos diários
home | entre em contato
 

alergia

Estudo aponta principais alérgenos que pioram os sintomas da rinite alérgica

03/02/2011

Ácaro: principal vilão da rinite alérgica

Os principais alérgenos que pioram os sintomas de rinite alérgica são os ácaros Dermatogoides farinae e Dermatogoides pteronyssinus, as baratas, pelos de gato e látex, segundo estudo apresentado em dezembro na Conferência Científica Internacional da Organização Mundial de Alergia. Realizado por pesquisadores da Universidade Sains Malaysia, o estudo mediu o IgE total e específico para 28 tipos de alérgeno em 128 pacientes com rinite alérgica, e associou o grau de sensibilização à severidade da doença.

“A rinite alérgica é a doença alérgica mais comum, afetando cerca de quatro milhões de pessoas na Malásia. Apesar de a rinite não ser, normalmente, uma doença severa, ela altera significativamente a vida social dos pacientes, e afeta o desempenho escolar e a produtividade no trabalho”, disseram os pesquisadores, destacando a importância de se avaliar os alérgenos responsáveis pela piora nos sintomas em cada paciente com rinite.

Avaliando os pacientes atendidos no Hospital Universitário Sains Malaysia, os pesquisadores observaram que os alérgenos aéreos mais comumente associados à severidade dos sintomas de rinite alérgica eram os ácaros Dermatogoides farinae (97%) e Dermatogoides pteronyssinus (83%), seguidos de outros ácaros da poeira domiciliar (43%). Outros alérgenos muito comuns foram as baratas (49,2%), os gatos (44,5%), os cães (43%) e o látex (42,2%).

Entre os alimentos, a pesquisa indicou o camarão (28.9%) como o mais comum, seguido pela soja (26,6%), caranguejo (23,4%), moluscos (22,7%), trigo (21,9%), amendoim (20,3%), gema de ovos (18,8%), leite de vaca (18%), mistura cítrica (18%), carne bovina (14,1%), clara de ovos (12,5%), atum (11,7%) e frango (11,7%). E, dos fungos, os resultados destacaram o aspergillus spp (23,4%), a candida spp (20,3%), altenaria spp (16,4%), mucor spp (14,8%), penicillium spp (12,5%) e clasdosporium spp (10,9%).

“Em conclusão, este estudo revelou uma associação significativa entre níveis específicos de IgE e a severidade dos sintomas de rinite alérgica para Dermatogoides farinae, Dermatogoides pteronyssinus, barata, gato e látex”, escreveram os pesquisadores em publicação da Conferência.

Fonte: WAO International Scientific Conference. Abstract 1207. 06 de dezembro de 2010

 

Fonte:

 

http://pneumologia.med.br/site/?p=1067

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos
 
Hacked by
#TeaMGh0sT

~ DB GOT DROPPED ~