biologia molecular - Transdução de sinais: uma revisão sobre proteína G
Esta página já teve 110.997.828 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.777 acessos diários
home | entre em contato
 

biologia molecular

Transdução de sinais: uma revisão sobre proteína G

12/04/2011
Priscila Randazzo de Moura, Felipe Augusto Pinto Vidal

Resumo


OBJETIVOS: revisar o assunto proteína G e seus mecanismos de transdução celular, de forma abrangente e didática.
FONTE DE DADOS: foram revisados artigos específicos sobre o tema, disponíveis em periódicos eletrônicos e encontrados através das bases de dados LILACS, PubMed e SciELO.
SÍNTESE DOS DADOS: a transdução de sinais é uma função fisiológica que intermedeia o estímulo externo e a resposta celular, sendo o passo de conversão intracelular do agonismo de várias substâncias. Os compostos proteicos envolvidos nessa atividade estão presentes em todos os sistemas do organismo; consequentemente, disfunções na sua estrutura culminam em estados patológicos diversos. A descrição da dinâmica da transdução, da estrutura e funções da proteína G e do seu papel em algumas doenças foram abordados nesta revisão.
CONCLUSÕES: a revisão da literatura mostra que o tema proteína G não tem gerado muitos trabalhos experimentais. Entretanto, o estudo desse composto protéico evidencia sua grande importância na fisiologia, indicando que disfunções na sua estrutura resultam em vários estados patológicos.


Texto Completo: PDF

Fonte:

 

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/scientiamedica/article/view/7577

 

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos