Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação - Aortografia Torácica Pós-Embolização
Esta página já teve 114.659.470 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.776 acessos diários
home | entre em contato
 

Vascular/Cirurgia Vascular/Circulação

Aortografia Torácica Pós-Embolização

09/07/2003

Aortografia Torácica Pós-Embolização é útil para monitorizar a eficácia da Embolização e para melhorar a detecção das artérias que contribuem à Hemoptise

03 de Junho de 2003.

Pesquisadores coreanos publicaram um estudo no qual procuraram examinar a utilidade da aortografia torácica, realizada após embolização transarterial, para identificação de artérias responsáveis por causar hemoptise, que não foram embolizadas.

Entre Março de 2000 e Novembro de 2001, os pesquisadores realizaram aortografia torácica após embolização transarterial em 76 pacientes com hemoptise. Os pacientes tinham, como doença de base, tuberculose (n=34), bronquiectasia (n=30), enfisema (n=4), bronquite (n=4), aspergilose (n=3) e câncer de pulmão (n=1). Inicialmente, angiografia de artérias brônquicas e de outras artérias sistêmicas foi realizada com embolização, sendo que, ao término da embolização, era realizada a aortografia torácica, com a extremidade do cateter localizada distalmente à origem da artéria subclávia esquerda.

Na embolização inicial ou na aortografia torácica, identificou-se 52 artérias brônquicas direitas, 40 artérias brônquicas esquerdas, 6 artérias brônquicas comuns, 76 artérias intercostais, 11 artérias frênicas inferiores, 6 artérias tóraco-dorsais, 8 artérias mamárias internas e uma artéria tireocervical como responsáveis pela hemoptise. Vinte e nove artérias (14,5%), não incluídas na seleção inicial para embolização, foram identificadas posteriormente, à aortografia torácica pós-embolização, sendo 2 artérias brônquicas direitas, 3 artérias brônquicas esquerdas, 8 artérias frênicas inferiores e 16 artérias intercostais.

Os pesquisadores concluíram que as artérias frênicas inferiores e as artérias intercostais são freqüentemente negligenciadas em embolização transarterial rotineira em pacientes com hemoptise. A aortografia torácica pós-embolização é útil para monitorar a eficácia da embolização e para melhorar a detecção das artérias que contribuem à hemoptise.

Added Benefit of Thoracic Aortography After Transarterial Embolization in Patients with Hemoptysis - American Journal of Roentgenology

 


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos