Stress/estresse - Estresse e hálito
Esta página já teve 114.605.234 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.790 acessos diários
home | entre em contato
 

Stress/estresse

Estresse e hálito

27/08/2003
 

Se a produção salivar é inadequada, a saburra acumula-se com mais facilidade na língua. E, mais uma vez, o estresse entra como um fator limitante da saúde, contribuindo para a deficiência de produção salivar. "Quando você está estressado, ansioso, há liberação de adrenalina, que é antagônica da glândula salivar, reduzindo a produção de saliva, gerando saburra e mau hálito", ensina Daiane, presidente e fundadora da ACPO.

A dica para manter o hálito fresco, portanto, é diminuir o estresse - já que fica difícil eliminá-lo na correria do cotidiano - visitar o dentista regularmente, apostar na boa higienização da boca e na alimentação equilibrada. O importante é que halitose tem cura, conforme Daiane, desde que as causas sejam investigadas minuciosamente e que o paciente tenha consciência de sua participação na manutenção do resultado.

O Povo


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos