biologia molecular - Genoma modifica a noção de gene
Esta página já teve 117.076.330 acessos - desde 16 maio de 2003. Média de 27.651 acessos diários
home | entre em contato
 

biologia molecular

Genoma modifica a noção de gene

04/06/2003

O seqüenciamento do genoma humano revela uma tendência paradoxal: quanto mais se conhece o código genético, menos sustentável fica a noção de gene, que produz uma proteína responsável por uma característica.

Com o conhecimento do genoma, fica claro que um número pequeno de genes (30 mil a 40 mil) seria pouco para determinar tantas proteínas e características, o que reforça que um gene pode dar origem a inúmeras proteínas.

Os genes apresentam regiões codificadoras (éxons), que aparecem interrompidos na cadeia de DNA por seqüências não-codificadoras (íntrons). Para que seja transferida para as diversas funções celulares, a informação contida no DNA precisa ser copiada por um RNAm. O RNA só se torna funcional depois que os íntrons são retirados _em um processo conhecido com "splicing".

Como um gene pode originar diferentes RNAm? Por meio do "splicing" alternativo. Na síntese de proteínas, o RNAm imaturo copia toda a informação do gene. As enzimas de processamento retiram os íntrons, mantendo apenas os éxons, originando o RNAm maduro.

O gene pode sofrer um processamento alternativo, ou seja, formar variadas combinações de éxons e produzir moléculas diferentes de RNAm, cada qual codificando um tipo de proteína.

Certos genes ativos em uma célula hepática podem estar desligados em uma célula muscular e vice-versa. Durante o "splicing" do RNA, um éxon que contém a informação para a montagem de uma região de uma proteína pode ser excluído, gerando uma proteína não-funcional. Em outras palavras, o gene é desligado. Como o "splicing" é um processo complexo, a mutação de um nucleotídeo na junção éxon-íntron pode gerar um produto alterado.

Estima-se que erros no processo de "splicing" causem 10% das doenças genéticas.


JOSÉ VAGNER GOMES
da Folha de S.Paulo

15/08/2002


IMPORTANTE

  •  Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. 
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo.
Publicado por: Dra. Shirley de Campos
versão para impressão

Desenvolvido por: Idelco Ltda.
© Copyright 2003 Dra. Shirley de Campos